Novo presidente do Sport, Milton Bivar
Novo presidente do Sport, Milton BivarFoto: Ed Machado/Folha de Pernambuco

Parece interminável a faxina que o atual presidente do Sport, Milton Bivar, vem tentando fazer no clube. Herdeiro de uma herança problemática da gestão antiga, o atual mandatário vai ter que disputar o Brasileirão da Série B com os mesmos R$ 6 milhões que os demais, quando a expectativa era que ele ganhasse R$ 8 milhões + cota de pay per view, que praticamente dobraria esse valor, segundo previsão.

Além disso, caso consiga o acesso para a Série A do ano que vem, de cara o Sport terá abatido do valor a receber, que girava em torno de R$ 50 milhões anuais (cota fixa de R$ 35 milhões + pay per view), uma dívida de R$ 18 milhões com a Rede Globo, pelo adiantamento de cota concedida às gestões anteriores.

Em conversa por telefone com a Folha de Pernambuco, o presidente Milton Bivar, que esteve no Rio de Janeiro nesta semana para negociar diretamente, explicou a situação sobre a cota a ser paga pela participação da Série B deste ano. “O contrato de Série A foi firmado com a Globo. Com a Série B, nosso acordo é diretamente com a CBF. O Sport tem essa dívida de R$ 18 milhões com a Globo por adiantamento de cotas. O que nos foi colocado na mesa era optar por seguir os moldes do que temos com a Globo, que foi um contrato fechado em 2016 e vai até 2024, quando ainda éramos Série A, e usar o que tínhamos a receber para abater essa dívida, que sobraria nada no final das contas para gente, ou aceitar receber os R$ 6 milhões no acordo com a CBF e empurrar essa dívida com a Globo para depois, quando nos subirmos de divisão, por exemplo. Optamos pelo acordo da CBF e vamos recebermos igual aos outros clubes”, revelou Milton.

Para o presidente, só haveria condições de quitar essa dívida de adiantamento com a Globo caso o Sport ainda estivesse disputando a Série A, quando recebia cerca de R$ 50 milhões pelos direitos de transmissão por ano. “Não faz sentido eu assumir uma dívida como se ainda recebêssemos como Série A quando estamos na Série B. Imagina eu receber R$ 16 milhões, como estão falando que seria o total, e ter que pagar R$ 18 milhões. Ou seja, eu não receberia nada neste ano e ainda continuaria devendo”, explicou Milton.

Leia também:
Sander é vetado no Sport e Lazaroni ganha chance de ouro
Sport faz promoção para mulher e na cerveja para decisão
No aguardo da justiça, Sport estuda dois adversários para mata-mata
Com 100%, Guto tem o melhor começo no Sport desde 2014

Pelo contrato da CBF com os clubes da Série B, a Rede Globo tem o direito de transmitir todos os jogos dos 20 clubes. “Tenho certeza que o Sport terá o maior número de jogos transmitidos, mas aceitamos o que estava ao nosso alcance atualmente”, finalizou Bivar.

Com todos esses problemas financeiros, o Sport não deve fazer grandes contratações para a disputa da Série B. O foco agora é conseguir manter em dia os salários dos jogadores do atual grupo.

veja também

comentários

comece o dia bem informado: