Guilherme comemora gol com Ezequiel
Guilherme comemora gol com EzequielFoto: Anderson Stevens/Sport Club do Recife

No clássico nordestino da 7ª rodada da Série B, para mais de 15 mil torcedores presentes na Ilha do Retiro, o Sport bateu o Vitória, por 3x1, neste sábado (8) e voltou a vencer na competição nacional. Os gols do Leão pernambucano foram marcados por Guilherme (2) e Charles. Anselmo Ramon descontou para o rubro-negro baiano. Com o resultado, o time comandado por Guto Ferreira chegou ao 4º lugar do campeonato, somando 12 pontos. Na terça-feira (11), a equipe da Praça da Bandeira volta a jogar em casa, desta vez contra o CRB. Será o último compromisso antes da parada para a Copa América.

Leia também:
Guto fala de dificuldades e rasga elogios a Guilherme


A partida começou com o Sport pressionando o Vitória, mas sem conseguir ameaçar a meta do goleiro Ronaldo. A primeira boa chegada dos visitantes só aconteceu aos 15. E assustou os torcedores na Ilha do Retiro. Wesley fez bela jogada pela esquerda, driblou Thyere e bateu forte para grande defesa de Mailson com os pés. O lance fez o time da casa responder na sequência, e com gol. Apático durante todo primeiro tempo, Ezequiel recebeu de Sammir na direita e mandou rasteiro na área. Depois da bola passar por Brocador e Sander, Guilherme apareceu livre para mandar no canto esquerdo da meta de Ronaldo e abrir o placar.

O segundo poderia ter saído na sequência, mas Ezequiel desperdiçou. Em rápido contra-ataque de três contra um, Guilherme rolou para o camisa 17 na direita. Em chute fraco e sem direção, a bola se perdeu pela linha de fundo. Como diz o velho ditado do futebol: quem não faz, leva. Três minutos mais tarde, Cleberson tentou virar para Norberto na direita. Wesley foi mais rápido que o lateral leonino, invadiu a área e rolou para Anselmo Ramon. O camisa 9 bateu firme de esquerda, e deixou tudo igual na Ilha.

O empate deixou o time de Guto Ferreira desanimado, e quando parecia que o jogo ia para o intervalo na igualdade, o Vitória resolveu retribuir o erro de Cleberson. Ao tentar sair jogando depois de receber de Ronaldo, Everton Sena deu a bola no pé de Ezequiel. O jogador do Sport tocou em Hernane, que de calcanhar deixou Charles livre para fazer 2x1.

Buscando o resultado, o Vitória iniciou o segundo tempo indo para cima. Jogador mais perigoso do Leão da Barra, Wesley assustou a torcida do Sport em duas oportunidades. Primeiro, obrigando Mailson a buscar seu chute no ângulo esquerdo e, em seguida, em chute desviado que saiu pela linha de fundo. Com Ezequiel abaixo, Guto mandou Hyuri a campo para dar nova vida ao ataque pernambucano, e Leandrinho entrou na vaga de João Igor. Segurando a pressão do Vitória, o Sport matou o confronto aos 32. Brocador tocou em Guilherme na entrada da área. Em noite iluminada, o camisa 11 soltou uma bomba no ângulo direito de Ronaldo para dar números finais ao duelo de rubro-negros.

Ficha do jogo

Sport 3
Mailson; Norberto, Rafael Thyere, Cleberson e Sander; João Igor (Leandrinho), Charles, Sammir (Ronaldo); Guilherme e Ezequiel (Hyuri); Hernane Brocador. Técnico: Guto Ferreira.

Vitória 1
Ronaldo; Edvan, Zé Ivaldo, Everton Sena e Capa; Gabriel Bispo, Marciel (Felipe Gedoz) e Ruy (Nickson); Ruan Levine (Ítalo), Wesley e Anselmo Ramon. Técnico: Osmar Loss.

Local: Ilha do Retiro (em Recife)
Árbitro: Vinicius Furlán (SP)
Assistentes: Fábio Rogério Baesteiro e Gustavo Rodrigues de Oliveira (ambos de SP)
Gols: Guilherme, aos 23 do 1T e 32 do 2T, Charles, aos 40 do 1T (SPT); Anselmo Ramon, aos 29 do 1T (VIT)
Cartão amarelo: Sammir e Charles (SPT); Edvan (VIT)
Público: 15.176 torcedores
Renda: R$ 221.416,00

veja também

comentários

comece o dia bem informado: