Treinador do Sport, Guto Ferreira comandou treinamento.
Treinador do Sport, Guto Ferreira comandou treinamento.Foto: Anderson Stevens/Sport Club do Recife

Conhecido pela disputa acirrada, a Série B deste ano está sendo liderada pelo Bragantino. A equipe paulista, que abre a 16ª rodada nesta segunda-feira (12), contra o Operário/PR, possui 28 pontos, mas se engana quem pensa que a primeira colocação deixou os alvinegros com folga na liderança. A distância do time de Bragança Paulista para o 10º colocado, o Sport, é de apenas cinco pontos. A diferença entre o Coritiba, vice-líder, e o Paraná, nono lugar, é de três pontos.

O único representante pernambucano na Segundona, inclusive, perdeu a oportunidade de fechar a rodada na terceira posição. A derrota do último domingo (11), contra o Criciúma, significou a queda do Leão para o 10° lugar.

Leia também:
Guto exime culpa de Éder em derrota do Sport e cita 'ansiedade'
Sport precisa 'juntar os cacos', diz Thiere após derrota
Sport busca fazer ataque voltar a funcionar

O maior equilíbrio entre as dez primeiras equipes de uma Série B, nas 15 primeiras rodadas, antes desta atual ediçãol foi em 2006. Na ocasião, o Avaí liderava a competição com 27 pontos e mantinha uma distância de seis pontos para o Gama, que ocupava a décima posição. O vice-líder era o Coritiba, assim como em 2019, mas o Coxa não conseguiu conquistar o acesso. Além dos paranaenses, a equipe catarinense também não subiu para a Série A. Destaque para os pernambucanos, Sport e Náutico, que ocupavam a terceira e quarta colocação e conseguiram a promoção para a elite nacional naquele ano.

Em 2017 aconteceu algo parecido. O então líder da competição era o Guarani com 27 pontos e décimo colocado era o Paraná com 20. O G4 ainda era composto por Juventude (27), América/MG (27) e CRB (24). No entanto, apenas o Coelho Mineiro subiu para a Primeira Divisão. As outras equipes que conquistaram o acesso foram o Internacional, Ceará e Paraná. Todos os três times estavam nas 10 primeiras colocações após as 15 primeiras rodadas.

Marcado pelo equilíbrio e pela forte disputa, o Campeonato Brasileiro da Série B premia a regularidade. Das 52 equipes que conquistaram o acesso de 2006 até o ano passado, 76,9% dos times estavam posicionados no G6 após as 15 primeiras rodadas. Aprofundando um pouco mais, 61,5% faziam parte do G4. Essas 13 edições também registraram quatro acessos de equipes que se colocavam abaixo das 10 primeiras posições.

Os dados estatísticos só ressaltam a importância da regularidade para qualquer equipe que almeje o acesso para a primeira divisão, em um das competições mais equilibradas dos últimos tempos no Brasil.

veja também

comentários

comece o dia bem informado: