Guto Ferreira, técnico do Sport
Guto Ferreira, técnico do SportFoto: Sport/Divulgação

Na partida que marcou o retorno de Rithely aos gramados com a camisa rubro-negra, parecia que o Sport ia conseguir o primeiro triunfo no Estadual, na noite desta quarta-feira (22). Após sair na frente no placar com Juninho e dominar as ações da partida, o Leão bobeou na segunda etapa e viu o Vitória chegar à igualdade em falha de Willian Farias. O técnico Guto Ferreira lamentou o resultado e as oportunidades perdidas durante os 90 minutos.

"Diferente de domingo, contra o Náutico, na partida de hoje foi apenas uma equipe. Mas, conseguimos furar o bloqueio defensivo do Vitória, fizemos 1x0. Criamos outras chances e poderíamos ter matado o jogo. Acabamos bobeando e custou caro. Não saímos felizes com o placar, mas também não podemos achar que está tudo errado", falou o comandante rubro-negro.

O confronto diante do Tricolor das Tabocas marcou o reencontro de Rithely com a torcida rubro-negra, depois de duas temporadas emprestado ao Internacional. Com liberdade no meio-campo, o volante atuou até os 23 minutos da segunda etapa. Apesar de não ter comprometido o desempenho do time, Guto pediu paciência para que o camisa 21 chegue ao auge da sua forma novamente.

Leia também:
Sport vacila e fica na igualdade com Vitória, na Arena

"Sabemos do potencial dele, mas temos que ter paciência. Hoje, ele ainda não é o mesmo dos grandes momentos. Ainda vai chegar a esta condição, mas temos que ter calma. Não falta determinação e vontade para ele no dia a dia. É questão de tempo, e passar confiança para que quanto antes ele ganhe ritmo", ressaltou.


veja também

comentários

comece o dia bem informado: