FUTEBOL

Suárez revela esforço para poder atuar mesmo lesionado: "Tomo três comprimidos e uma injeção"

Jogador se despede do Grêmio nesta quarta-feira, na última rodada do Campeonato Brasileiro; clube quer garantir vaga direta na fase de grupo da Libertadores

Luis Suárez revelou que tem feito grande esforço para poder atuar pelo Grêmio, mesmo estando lesionado Luis Suárez revelou que tem feito grande esforço para poder atuar pelo Grêmio, mesmo estando lesionado  - Foto: Silvio Avila / AFP

Luis Suárez se despediu da torcida do Grêmio do último domingo, em seu último jogo na Arena. E não poderia ter sido de maneira melhor: ele marcou o gol que deu a vitória do time contra o Vasco, pela penúltima rodada do Campeonato Brasileiro, levando o time à quarta posição na tabela, o que garante uma vaga direta na fase de grupos da Libertadores.

Mais uma vez, o jogador jogou “no sacrifício”, devido às fortes dores que sente no joelho. Em entrevista ao canal 100% Deporte, o uruguaio detalhou as dificuldades que enfrenta para poder atuar.

“Nas noites anteriores aos jogos, tomo três comprimidos e antes do jogo tenho de me injetar um Voltaren [anti-inflamatório]. Se não fizer isso, não consigo jogar”, explicou o jogador.

Mesmo com os problemas físicos, Suárez ainda não definiu o seu futuro, sendo que ele tem o nome especulado no Inter Miami, time que já conta os seus ex-companheiros de Barcelona Messi e Busquets. A continuidade da carreira do jogador, no entanto, é uma incógnita, devido ao problema no joelho, que o acompanha desde 2020.

“Na parte externa do joelho, tenho uma distensão que ficou depois de uma cirurgia em 2020, quando estava em Barcelona. Na última fase da recuperação, veio a pandemia, e tive de fazer exercícios sozinho e não consegui acabar de esticar o joelho. No interior, tenho um desgaste da cartilagem e está batendo no osso. Não gera líquido, e por vezes não consigo dobrar”, explicou Suárez.
 

Suárez fará sua última partida pelo Grêmio nesta quarta-feira, quando os gaúchos visitam o Fluminense, brigando para ficar entre os quatro melhores colocados na competição e garantir a vaga direta na fase de grupo da Libertadores.

“Eu quis provar, com amor e compromisso para com o futebol, que apesar da minha idade avançada e com um joelho complicado, eu poderia dar muito no Grêmio”, concluiu.

Veja também

Primeiro jogo do Fortaleza desde atentado sofrido é interrompido por falta de condições do gramado
Copa do Brasil

Primeiro jogo do Fortaleza desde atentado sofrido é interrompido por falta de condições do gramado

Barcelona empata com Athletic Bilbao e perde Pedri e De Jong por lesão
La liga

Barcelona empata com Athletic Bilbao e perde Pedri e De Jong por lesão