Sueliton ressalta importância da torcida na fase final da Série C

Náutico tem apenas a nona melhor média de público da Série C

Sueliton, zagueiro do NáuticoSueliton, zagueiro do Náutico - Foto: Léo Lemos/Divulgação/Náutico

Dos quatro jogos restantes que o Náutico terá na primeira fase da Série C, dois deles serão em casa, contra Juazeirense, no próximo sábado, e diante do ABC, no dia 4 de agosto. Compromissos que podem definir a classificação do clube ao mata-mata da competição. Invicto há seis rodadas, com cinco vitórias e um empate, o Timbu é o segundo colocado no Grupo A, com 23 pontos. Números positivos que não se repetem quando o assunto é a média de público na competição. Com apenas 2.233 pagantes por jogo, os pernambucanos estão em nono no quesito, considerando os 20 times das duas chaves da terceira divisão. Esse é o próximo "G4" que os alvirrubros estão de olho.

O técnico Márcio Goiano ressalta sempre que pode em suas entrevistas a necessidade de o torcedor se aproximar ainda mais do Náutico. Goiano não estava no clube quando o Timbu botou mais de 40 mil pessoas na final do Campeonato Pernambucano, mas conhece bem o potencial dos alvirrubros. "Temos que trazer a torcida para o nosso lado", cravou em sua chegada. Ele fez o seu papel: com o comandante, são quatro triunfos em quatro jogos em casa. Mas a média não foi das melhores. Desses compromissos, a partida com mais público foi contra o Atlético/AC, com míseros 4.405 alvirrubros. “A torcida é o nosso 12º jogador. Será um fator importante nos próximos jogos e na fase de mata-mata”, afirmou o zagueiro Sueliton.

A equipe com melhor média de público na Série C é o Remo (6.674), seguido por Confiança (5.046) e Santa Cruz (5.026). O curioso é que o time paraense é o lanterna do Grupo A, com apenas 12 pontos, correndo sério risco de rebaixamento à Série D. Os pernambucanos ainda levaram menos torcedores ao estádio do que equipes modestas como Operário/PR (3.088) e Botafogo/SP (2.234).

Leia também:
Livro sobre hexa será relançado em versão digital
Náutico de olho em ‘zerar cartões’ para reta final da Série C

Veja também

Duelo de invictos: Náutico, líder da Série B, recebe o Botafogo
Futebol

Duelo de invictos: Náutico, líder da Série B, recebe o Botafogo

Sport visita Juventude querendo quebrar tabu no Sul
Futebol

Sport visita Juventude querendo quebrar tabu no Sul