Suíça empata com a Costa Rica e vai enfrentar a Suécia

Levando um gol no finalzinho, a Suíça ficou no empate de 2x2 com a Costa Rica e terminou em segundo no grupo "E"

Suíça vai encarar a Suécia nas oitavas de final Suíça vai encarar a Suécia nas oitavas de final  - Foto: DIMITAR DILKOFF / AFP

A Suíça só empatou com a Costa Rica por 2 a 2 nesta quarta-feira (27), mas se classificou para as oitavas de final da Copa do Mundo. A seleção europeia ficou no segundo lugar do grupo E, atrás do Brasil, e enfrentará a Suécia na próxima fase.

Dzemaili e Drmic marcaram para a Suíça, mas a Costa Rica, sensação da Copa do Mundo de 2014, fez seus únicos gols desta edição do torneio com Waston e Sommer, que marcou contra a própria meta -em cobrança de pênalti, a bola bateu nas costas do goleiro e entrou no gol. A julgar pela comemoração, o fato de que os gols só saíram na despedida é um mero detalhe.

Como diz o jargão do futebol, a Suíça soube sofrer nesta quarta. Depois de conter a pressão costa-riquenha no começo da partida, a seleção europeia teve sua primeira chance real de gol aos 30 do primeior tempo. E marcou. Embolo ajeitou a bola e Dzemaili emendou um bico para abrir o placar.
Leia também:
Suíça joga contra a Costa Rica de olho nas oitavas

No entanto, mesmo após o primeiro gol da Costa Rica, a equipe europeia mostrou ter uma estratégia traçada desde o apito inicial. Principalmente após voltar do intervalo, momento em que o Brasil já ia vencendo a Sérvia, a Suíça passou a trocar passes com relativa tranquilidade, ciente de que o empate já os classificaria para as oitavas.

Se todas as boas tentativas da Costa Rica no início do jogo tivessem sido convertidas, a Suíça teria levado quatro gols nos primeiros 10 minutos. No entanto, para a infelicidade dos centro-americanos, o goleiro Sommer e até o travessão foram obstáculos.

O gol de Dzemaili esfriou um pouco as investidas da Costa Rica no primeiro tempo, mas a equipe ainda levou perigo nos contra-ataques. Apesar de estar eliminada antes mesmo da última rodada, o time de Oscar Ramirez deixou claro que queria dar trabalho na despedida, e foi o que fez no segundo tempo.

Aos 10min, saiu o empate. Em cobrança de escanteio da direita, Waston desviou no canto direito, sem chance de defesa para o goleiro Sommer. A partir daí, o jogo ficou morno, e a Suíça parecia não querer buscar a vitória.

Mas ainda sim, a seleção europeia alcançou o segundo gol. Em uma bela jogada de contra-ataque, Drmic recebeu cruzamento e bateu de primeira no canto esquerdo, aos 42min.

Sem se intimidar, a Costa Rica foi para cima e teve dois pênaltis a favor. O primeiro foi cancelado pela arbitragem de vídeo, mas o segundo foi confirmado. Bryan Ruiz acertou o travessão na cobrança, mas a bola bateu nas costas de Sommer na volta e entrou no gol, decretando o empate por 2 a 2.

SUÍÇA
Sommer; Lichtsteiner, Schar, Akanji, Rodriguez; Behrami (Zakaria), Xhaka, Shaqiri (Lang), Embolo, Dzemaili; Gavranovic (Drmic). T.: Vladimir Petkovic

COSTA RICA
Navas; Acosta, Gonzales, Waston; Gamboa, Borges, Guzman, Oviedo; Colindres (Rodney Wallace), Campbell, Bryan Ruiz. T.: Oscar Ramirez

Local: Nijni Novgorod
Juiz: Clement Turpin (FRA)
Cartões amarelos: Lichtsteiner, Schar (Suíça); Gamboa, Campbell, Waston (Costa Rica)
Gols: Dzemaili (S), aos 30min do primeiro tempo; Waston (C), aos 10min do segundo tempo; Drmic (S), aos 42min do segundo; Sommer (C), contra, aos 48min do segundo tempo

Veja também

Bryan valoriza trabalho da preparação física no Náutico
Futebol

Bryan valoriza trabalho da preparação física no Náutico

Pelé sobre Neymar: 'Sempre fico feliz quando vejo ele jogar bola'
FUTEBOL

Pelé sobre Neymar: 'Sempre fico feliz quando vejo ele jogar bola'