A-A+

Superliga: final masculina começa nesta terça-feira

Primeiro confronto da série melhor de cinco jogos entre Sesi/SP e Taubaté/SP acontece às 21h30, na casa do Sesi

Time de vôlei masculino do EMS Funvic TaubatéTime de vôlei masculino do EMS Funvic Taubaté - Foto: Rafinha Oliveira/EMS Taubaté Funvic

Está chegando a hora de conhecer o campeão da Superliga Cimed masculina de vôlei 18/19. A partir desta terça-feira (23), será aberta a série melhor de cinco jogos que definirá o melhor time do País na temporada, tendo como protagonistas o Sesi/SP e o EMS Taubaté Funvic/SP. O primeiro confronto está marcado para as 21h30 desta terça, no ginásio do Sesu Vila Leopoldina, em São Paulo. A final deste anos quebra uma sequência de oito temporadas seguidas com a presença do Sada Cruzeiro/MG. Nesse período, o time de Minas foi campão seis vezes, sendo as últimas cinco de forma consecutiva.

A série decisiva entre Sesi e Taubaté promete equilíbrio, tendo em vista a qualidade técnica dos dois elencos. São três campeões olímpicos de cada lado. Pelo Sesi, o levantador William, o central Éder e o ponteiro Lipe. No EMS Taubaté Funvic, os ponteiros Lucarelli e Douglas Souza e o central Lucão. Os times já se enfrentaram duas vezes nesta Superliga, com vitória do Taubaté no primeiro turno e do Sesi no segundo, ambos os jogos com placares de 3 sets a 1. O curioso é que as vitórias aconteceram com os dois times na condição de visitantes.

O Sesi foi o melhor time da fase classificatória, com 20 vitórias e somente duas derrotas. Para chegar à final, passou pelo Vôlei UM Itapetininga (SP) nas quartas e pelo Sesc/RJ na semifinal. O time tenta conquistar o segundo título da sua história. A equipe foi campeã na temporada 2010/2011 e, de lá para cá, somou três vices e dois terceiros lugares.

Já o EMS Taubaté Funvic foi terceiro na primeira fase, com 17 vitórias e cinco derrotas, e eliminou o Vôlei Renata (SP) nas quartas e o todo poderoso Sada Cruzeiro (MG) na semi. A equipe de Taubaté não tem nenhum título da Superliga ainda, ostentando somente um vice e dois terceiros lugares.

“As expectativas são as melhores. Os dois times chegam com crédito nessa final depois de fazerem, principalmente, um returno muito bom. Espero que seja um jogo de nível técnico alto pelo o que as duas equipes representam com seus jogadores. Será importante tirar um pouco da pressão e jogar com poucos erros para o público desfrutar de um grande espetáculo”, analisou o levantador do Sesi, William Arjona.

“É muito importante ressaltar que cada fase dos playoffs é como um campeonato diferente. Nós conseguimos construir um caminho vitorioso e de superação até chegar a essa final e isso nos motiva muito, nos deixa satisfeitos com o que alcançamos, mas não é suficiente. Estamos motivados em busca desse título inédito para Taubaté, mas sabemos que do outro lado teremos a melhor equipe da primeira fase, que vem jogando um voleibol muito consistente”, afirmou o experiente levantador Rapha.

Superliga masculina 2018/19

Série final 

Primeira rodada
23.04 (terça-feira) – Sesi-SP x EMS Taubaté Funvic (SP), às 21h30, no Sesi Vila Leopoldina, em São Paulo (SP) – SPORTV 2


Segunda rodada
27.04 (sábado) – EMS Taubaté Funvic (SP) x Sesi-SP, às 21h30, no ginásio do Abaeté, em Taubaté (SP) – SPORTV 2

Terceira rodada
30.04 (terça-feira) – Sesi-SP x EMS Taubaté Funvic (SP), às 21h30, na Arena Suzano, em Suzano (SP) – SPORTV 2

Quarta rodada (se necessário)
04.05 (sábado) – EMS Taubaté Funvic (SP) x Sesi-SP, às 21h30, na Arena Suzano, em Suzano (SP) – SPORTV 2

Quinta rodada (se necessário)
11.05 (sábado) – Sesi-SP x EMS Taubaté Funvic (SP), às 21h30, na Arena Suzano, em Suzano (SP) – SPORTV 2

Veja também

Náutico divulga protocolo para o torcedor que for ao jogo contra o CRB, na Arena
Náutico

Náutico divulga protocolo para o torcedor que for ao jogo contra o CRB, na Arena

Classificados definidos: veja como ficaram os grupos do quadrangular de acesso da Série C
Série C

Classificados definidos: veja como ficaram os grupos do quadrangular de acesso da Série C