Esportes

Surfe: etapa de Bells Beach começa nesta terça-feira

Segunda etapa de 2019, Rip Curl Pro Bells Beach tem primeira chamada de avaliação do mar às 18h (de Brasília)

Caroline Marks e Italo Ferreira, campeões na Gold Coast em 2019Caroline Marks e Italo Ferreira, campeões na Gold Coast em 2019 - Foto: Matt Dunbar/WSL

Um dos eventos mais tradicionais do Championship Tour (CT) da Liga Mundial de Surfe (WSL), a etapa Rip Curl Pro Bells Beach, na costa australiana, tem janela de competição aberta na noite desta terça-feira (16) – manhã de quarta-feira (17) na Oceania –, tanto para o evento masculino, quanto para o feminino. A janela de competição segue até o próximo dia 27. A primeira chamada de avaliação do mar está prevista para 17h30 (de Brasília). O potiguar Italo Ferreira, campeão da etapa de abertura e líder do CT 2019, e a australiana Stephanie Gilmore, atual heptacampeã mundial, defendem os títulos conquistados nesta etapa no ano passado.

Vencer em Bells Beach, mais do que somar importantes pontos no ranking mundial, significa o privilégio de ganhar o troféu mais diferenciado e original do CT. É um sino, tocado somente pelos campeões. Três brasileiros já tiveram tal honra: a cearense Silvana Lima, em 2009, o paulista campeão mundial Adriano de Souza, em 2013, e, mais recentemente, Italo Ferreira. O frio mar de Bells Beach é famoso por desenvolver longas direitas, com várias seções. Por suas características, é mais comum que os atletas de base regular (pé esquerdo à frente) levem a melhor. Também não é um mar de fácil leitura, o que faz os competidores mais experientes terem uma leve vantagem.

Leia também:
Italo Ferreira vence a primeira etapa do Mundial de Surfe
Título reafirma Italo Ferreira entre destaques do surfe
Surfe: Brazilian Storm domina temporada 2018 no CT


No total, 12 brasileiros estarão na disputa, sendo 11 no evento masculino e apenas Tatiana Weston-Webb na disputa feminina, já que Silvana Lima segue afastada em recuperação após operar os dois joelhos no ano passado. Também por conta de uma lesão no joelho, só que o direito, Adriano de Souza está fora da segunda etapa consecutiva nesta temporada – ele se machucou no evento de Portugal, o penúltimo do ano passado.

Entre as baterias mais aguardadas do Round 1 em Bells Beach está a terceira disputa do evento masculino, reunindo o veterano Kelly Slater (EUA) e os jovens Filipe Toledo (BRA) e Griffin Colapinto (EUA). Um confronto de gerações que promete show de surfe na Austrália. Há uma expectativa pelos lycras amarelas Italo e Caroline Marks (EUA). Enquanto Italo vem em processo de afirmação no cenário internacional, tendo conquistado três etapas em 2018 e já abrindo a temporada com título, a norte-americana é ainda uma aposta no surfe feminino. No entanto, a jovem de apenas 17 anos é uma das atletas mais talentosas e promissoras da nova geração mundial.

Rip Curl Pro Bells Beach

Round 1 masculino
1: Owen Wright (AUS) x Jeremy Flores (FRA) x Jadson André (BRA)
2: Jordy Smith (AFS) x Adrian Buchan (AUS) x Jack Freestone (AUS)
3: Filipe Toledo (BRA) x Griffin Colapinto (EUA) x Kelly Slater (EUA)
4: Italo Ferreira (BRA) x Ezekiel Lau (HAV) x Caio Ibelli (BRA)
5: Julian Wilson (AUS) x Joan Duru (FRA) x Jacob Willcox (AUS)
6: Gabriel Medina (BRA) x Ryan Callinan (AUS) x Harrison Mann (AUS)
7: Conner Coffin (EUA) x Michael Rodrigues (BRA) x Leo Fioravanti (ITA)
8: Kolohe Andino (EUA) x Seth Moniz (HAV) x Soli Bailey (AUS)
9: Wade Carmichael (AUS) x Yago Dora (BRA) x Ricardo Christie (NZL)
10:- Michel Bourez (TAH) x Sebastian Zietz (HAV) x Deivid Silva (BRA)
11: John John Florence (HAV) x Willian Cardoso (BRA) x Jessé Mendes (BRA)
12: Kanoa Igarashi (JAP) x Mikey Wright (AUS) x Peterson Crisanto (BRA)

Round 1 feminino
1: Lakey Peterson (EUA) x Nikki Van Dijk (AUS) x Paige Hareb (AUS)
2: Carissa Moore (HAV) x Coco Ho (HAV) x Keely Andrew (AUS)
3: Stephanie Gilmore (AUS) x Bronte Macaulay (AUS) x qualifier
4: Caroline Marks (EUA) x Courtney Conlogue (EUA) x Brisa Henessey (CRC)
5: Tatiana Weston-Webb (BRA) x Malia Manuel (HAV) x Macy Callaghan (AUS)
6: Johanne Defay (FRA) x Sally Fitzgibbons (AUS) x Sage Erickson (EUA)
 

Veja também

'Time difícil', fala Jefferson sobre jogo com Caruaru CitySanta Cruz

'Time difícil', fala Jefferson sobre jogo com Caruaru City

Náutico terá retorno de Camutanga, mas Jean Carlos deve desfalcar time no Clássico dos ClássicosFutebol

Náutico terá retorno de Camutanga, mas Jean Carlos deve desfalcar time no Clássico dos Clássicos