Surfe: previsão de swell anima etapa de Teahupoo

Expectativa é que o mar cresça e tenha tubos acima de quatro metros de altura a partir desta terça (27)

Italo Ferreira na etapa de Teahupoo pelo CT 2019Italo Ferreira na etapa de Teahupoo pelo CT 2019 - Foto: Matt Dunbar/WSL via Getty Images

Após realizarem todas as baterias do Round 1 e da repescagem durante o final de semana, os organizadores do Thaiti Pro Teahupoo, sétima etapa do Championship Tour (CT) de surfe 2019, aguardam ansiosamente pela chegada de um swell previsto para esta terça e quarta-feira em Teahupoo, com indicativos de um mar épico com ondas de 10 a 15 pés e tubos que podem ultrapassar quatro metros de altura. É tanto que o resultado da primeira chamada de avaliação das condições do mar nesta segunda (26) indicou "stand by". Uma nova checagem está marcada para às 18h30 (horário de Brasília).

Como a janela de competição foi aberta no último dia 21 e vai até este domingo (1º), seria arriscado aguardar o swell chegar para só então iniciar o evento. Por isso, a organização realizou algumas baterias no sábado (24) e no domingo (25), mesmo com um mar inconsistente, com ondas de no máximo sete pés e sem muitos tubos. Agora, vive-se a expectativa de um mar clássico para finalizar com chave de ouro o evento, que nas últimas temporadas tem sofrido com condições frustrantes durante sua janela de competições.

Brasil

Dos doze brasileiros que iniciaram a etapa, oito avançaram direto para a terceira fase. Apenas o potiguar Italo Ferreira, contudo, venceu sua bateria. Gabriel Medina, Filipe Toledo, Adriano de Souza, Willian Cardoso, Yago Dora, Deivid Silva e Jadson André, por sua vez, avançaram como segundos colocados. Já Caio Ibelli, Peterson Crisanto, Jesse Mendes e Michael Rodrigues foram para a repescagem. Somente Michael Rodrigues não conseguiu seguir no Thaiti Pro Teahupoo.

Thaiti Pro Teahupoo

Round 1
1: Soli Bailey (AUS) 9.50 x Gabriel Medina (BRA) 6.17 x Peterson Crisanto (BRA) 0.77
2: Adrian Buchan (AUS) 11.50 x Jadson André (BRA) 9.50 x Jordy Smith (AFS) 3.00
3: Kanoa Igarashi 8.83 x Adriano de Souza (AUS) 5.50 x Caio Ibelli (BRA) 3.60
4: Italo Ferreira (BRA) 12.16 x Kauli Vaast (FRA) 7.07 x Sebastian Zietz (HAV) 1.20
5: Joan Duru (FRA) 9.37 x Filipe Toledo (BRA) 8.70 x Tyler Newton (HAV) 3.54
6: Kolohe Andino (EUA) 11.73 x Yago Dora (BRA) 11.20 x Matahi Drollet (PFR) 5.56
7: Kelly Slater (EUA) 10.63 x Deivid Silva (BRA) 8.76 x Frederico Morais (POR) 8.00
8: Ricardo Christie (AUS) 10.23 x Willian Cardoso (BRA) 9.67 x Ryan Callinan (AUS) 7.54
9: Ezequiel Lau (HAV) 12.66 x Julian Wilson (AUS) 11.60 x Michael Rodrigues (BRA) 9.34
10: Griffin Colapinto (EUA) 10.50 x Jeremy Flores (FRA) 8.77 x Michael Bourez (FRA) 6.90
11: Owen Wright (AUS) 11.33 x Wade Carmichael (AUS) 9.36 x Jesse Mendes (BRA) 6.26
12: Seth Moniz (HAV) 11.76 x Jack Freestone (AUS) 10.13 x Conner Coffin (EUA) 9.67

Repescagem
1: Sebastian Zietz (HAV) 14.40 x Jordy Smith (AFS) 11.87 x Matahi Drollet 9.57
2: Ryan Callinan (AUS) 12.50 x Caio Ibelli (BRA) 8.74 x Tyler Newton (HAV) 6.57
3: Peterson Crisanto (BRA) 11.50 x Michael Bourez (FRA) 11.33 x Frederico Morais (POR) 10.17
4: Conner Coffin (EUA) 15.43 x Jesse Mendes (BRA) 9.93 x Michael Rodrigues (BRA) 6.66

Round de 32
1: Kanoa Igarashi (JAP) x Jadson André (BRA)
2: Adrian Buchan (AUS) x Deivid Silva (BRA)
3: Owen Wright (AUS) x Soli Bailey (AUS)
4: Michael Bourez (FRA) x Sebastian Zietz (HAV)
5: Italo Ferreira (BRA) x Adriano de Souza (BRA)
6: Joan Duru (FRA) x Willian Cardoso (BRA)
7: Jordy Smith (AFS) x Ricardo Christie (AUS)
8: Julian Wilson (AUS) x Yago Dora (BRA)
9: Kolohe Andino (EUA) x Kauli Vaast (FRA)
10: Wade Carmichael (AUS) x Jeremy Flores (FRA)
11: Ryan Callinan (AUS) x Griffin Colapinto (EUA)
12: Gabriel Medina (BRA) x Ezequiel Lau (HAV)
13: Filipe Toledo (BRA) x Jesse Mendes (BRA)
14: Seth Moniz (HAV) x Peterson Crisanto (BRA)
15: Conner Coffin (EUA) x Caio Ibelli (BRA)
16: Kelly Slater (EUA) x Jack Freestone (AUS)

Veja também

Aliviado, Kleina vê vitória como fator para 'readquirir confiança'
Náutico

Aliviado, Kleina vê vitória como fator para 'readquirir confiança'

Sai, zica! Náutico encerra jejum e bate Oeste fora de casa
Série B

Sai, zica! Náutico encerra jejum e bate Oeste fora de casa