Tabela embolada: Santa tem sequência de confrontos diretos fora

Com o tropeço diante do rival, o Santa deixou escapar a chance de abrir quatro pontos de vantagem para o 5º lugar, agora ocupado pelos alvirrubros, que saíram do Z2 e saltaram para a porta do G4

Roberto Fernandes, técnico do Santa CruzRoberto Fernandes, técnico do Santa Cruz - Foto: Ed Machado/Folha de Pernambuco

O Santa Cruz sofreu um duro golpe com a derrota para o Náutico no clássico e o revés no Arruda ligou o alerta do elenco para a sequência do Campeonato Brasileiro da Série C. Mesmo permanecendo no G4, a Cobra Coral anda pressionada e em situação de risco porque a tabela está muito embolada. A diferença dos tricolores, que abrem a zona de classificação e figuram na 4ª posição, com 14 pontos, para o Z2 do Grupo A é de apenas três pontos, com a Juazeirense/BA aparecendo na 9ª colocação.

Com o tropeço diante do rival, o Santa deixou escapar a chance de abrir quatro pontos de vantagem para o 5º lugar, agora ocupado pelos alvirrubros, que saíram do Z2 e saltaram para a porta do G4, pulando da 9ª para a 5ª colocação, com 13 pontos, um a menos em relação aos tricolores. Com o sinal vermelho ligado, a equipe comandada pelo técnico Roberto Fernandes tem dois jogos seguidos fora de casa e ambos contra adversários que estão na zona de classificação.

A primeira partida da sequência de confrontos diretos é contra o Atlético/AC, líder do Grupo A com 20 pontos em dez jogos. O duelo no Acre está marcado para o próximo domingo (24), às 20h, no estádio Florestão. No primeiro turno, o Santa Cruz venceu os acreanos pelo placar de 3x1, no estádio do Arruda. O outro compromisso como visitante é diante do ABC/RN, no dia 1º de julho, no Frasqueirão, em Natal. Os potiguares somam os mesmos 14 pontos dos pernambucanos, mas ocupam a 3ª posição pelo número de vitórias. 

Veja também

Bryan valorização trabalho da preparação física no Náutico
Futebol

Bryan valorização trabalho da preparação física no Náutico

Pelé sobre Neymar: 'Sempre fico feliz quando vejo ele jogar bola'
FUTEBOL

Pelé sobre Neymar: 'Sempre fico feliz quando vejo ele jogar bola'