A-A+

Talentos demarcam espaço no esporte pernambucano

Comparadas a ídolos e tratadas como grandes promessas: Pâmela Nievilly e Beatriz Bezerra enchem os olhos

Beatriz Bezerra, jovem nadadora comparada a Etiene Medeiros e Joanna MaranhãoBeatriz Bezerra, jovem nadadora comparada a Etiene Medeiros e Joanna Maranhão - Foto: Lidiane Mota/Folha de Pernambuco

A natação e o atletismo são responsáveis pelo surgimento de alguns dos atletas mais importantes da história recente do esporte pernambucano. Joanna Maranhão e Etiene Medeiros, nas piscinas, e Keila Costa (salto triplo e em distância), todas com participações olímpicas, estão ai para comprovar tal afirmação. É esse o caminho que Pâmela Nievilly (atletismo) e Beatriz Bezerra (natação), novos destaques do desporto local, também sonham seguir. Campeãs dos Jogos Escolares da Juventude 2019, elas ajudaram o Estado a obter o recorde de medalhas na competição, 43 ao todo. Além disso, também estiveram presentes nas versões tradicional e escolar do Pódio Pernambuco. No primeiro foram condecoradas com o prêmio Revelação do Ano, enquanto no segundo acabaram escolhidas como melhores atletas da modalidade individual.

Aos 14 anos, Pâmela Nievilly despontou como um dos grandes destaques dos Jogos Escolares da Juventude, sendo escolhida a melhor atleta do campeonato na categoria de 12 a 14 anos. Aluna da Escola Brigadeiro Eduardo Gomes, do Recife, foi campeã dos 75m livre e 80m com barreiras. Este resultado, inclusive, significou uma evolução nas duas provas se comparadas à edição de 2018, quando conquistou a medalha de prata em ambas. “Isso tudo que está acontecendo comigo é muito gratificante. Estou muito feliz e satisfeita em saber que todo o meu esforço e dedicação está valendo a pena. Espero que eu consiga permanecer no esporte e um dia me tornar profissional”, disse.

Pâmela é tratada como uma das maiores promessas do atletismo pernambucano desde Keila Costa. Enquanto a veterana de Abreu e Lima é detentora de três pratas em Jogos Pan-Americanos e um bronze no Mundial de Doha-2010 (salto em distância), a jovem atleta ainda busca um lugar ao sol e tenta se aprimorar com treinos diários no Centro Esportivo Santos Dumont.

Comparada a Etiene Medeiros e Joanna Maranhão, Beatriz Bezerra, de 13 anos, também é vista como um dos grandes talentos das piscinas. Em 2019, a atleta da Assossiação Atlética Banco do Brasil - Recife (AABB) mostrou uma consistência pouco exibida em nadadoras da idade dela e obteve diversos resultados positivos. Só no ano passado, empilhou 16 ouros, entre eles, os títulos brasileiros dos 50m e 100m livre, além dos 100m borboleta.

O desempenho de Beatriz foi tão bom que ela atingiu o índice necessário para disputar o Troféu Brasil, principal competição de natação do país. Além disso, Beatriz já é a sétima nadadora mais rápida dos 100m borboleta. Diante disso, Leo Bezerra, pai da nadadora, expressou sua felicidade em ver a filha no topo dos rankings nacionais. “Ela vem muito bem desde a etapa mirim e por isso não é tão surpresa vê-la tendo esses resultados positivos. O padrão que ela vem mantendo é muito alto há bastante tempo e eu fico muito orgulhoso em ver a dedicação dela”, afirmou.

Leia também:
Jovem de 13 anos e 1,98m é tratado como joia do basquete
[Vídeo] Folha em Campo entrevista Rebeka, promessa do judô
Aos 14 anos, prodígio desponta no hóquei pernambucano
Pernambuco encerra segundo bloco dos Jogos da Juventude com 18 medalhas

Beatriz ainda afirmou que sonha disputar as Olimpíadas um dia. “Penso em ser uma nadadora que disputa grandes campeonatos, e claro que os Jogos Olímpicos estão nos meus planos. Por isso, sempre tentei fazer o meu melhor a cada ano e continuo buscando os melhores resultados possíveis. No prêmio Pódio PE, inclusive, fiquei surpresa em ser homenageada. Não esperava ser candidata a atleta revelação”, disse a nadadora. Vale lembrar que em 2004, Joanna Maranhão tinha apenas 17 anos quando foi quinto lugar nos 400m medley dos Jogos de Atenas. Aos 13 anos, agora é Beatriz quem tentará repetir o feito da veterana.

Veja também

61ª edição dos JEPs é encerrada no Parque e Centro Esportivo Santos Dumont
Jogos Escolares

61ª edição dos JEPs é encerrada no Parque e Centro Esportivo Santos Dumont

CBHb divulga convocação da Seleção Brasileira para fase de treinamento na Espanha
Handebol

CBHb divulga convocação da Seleção Brasileira para fase de treinamento na Espanha