Futebol Internacional

TAS rejeita pedido da Federação Russa de Futebol contra sanções da Uefa

Tribunal ainda analisa pedido da Federação contra sanções da Fifa

Foto: FABRICE COFFRINI / AFP

O Tribunal Arbitral do Esporte (TAS) rejeitou nesta terça-feira o pedido da Federação Russa de Futebol (FUR) para suspender as sanções impostas pela Uefa contra clubes e seleções da Rússia devido à invasão na Ucrânia.

Com isso, as equipes russas continuam excluídas das competições europeias até que haja uma decisão definitiva sobre o recurso da FUR, enquanto o TAS prometeu dar uma resposta até o fim da semana sobre uma eventual suspensão das sanções impostas pela Fifa.

As equipes afetadas são o Spartak Moscou, que permanece excluído da Liga Europa, e a seleção feminina da Rússia, fora da Eurocopa 2022, a não ser que a decisão final saia antes do torneio, que começa em junho.

"O processo de arbitragem do TAS continua. As partes não entraram em acordo sobre um processo acelerado e uma audiência ainda não foi marcada”, informou o tribunal.

Em 28 de fevereiro, em comunicado conjunto, Fifa e Uefa decidiram excluir as equipes russas das competições internacionais devido à invasão na Ucrânia, acatando as recomendações do Comitê Olímpico Internacional (COI).

Para o futebol russo, a sanção mais dura foi a exclusão da seleção masculina da Copa do Mundo de 2022, antes mesmo da disputa da repescagem das eliminatórias europeias.

Veja também

Veja quais serão os duelos pelas semifinais do Pernambucano 2024
CAMPEONATO PERNAMBUCANO

Veja quais serão os duelos pelas semifinais do Pernambucano 2024

"Muita felicidade", diz Gilvan após marcar gol que garantiu ao Santa Cruz vaga na Série D de 2025
SANTA CRUZ

"Muita felicidade", diz Gilvan após marcar gol que garantiu ao Santa Cruz vaga na Série D de 2025