Técnica da Ferroviária é primeira mulher a conquistar Brasileirão

Tatiele Silveira comandou a equipe na vitória sobre o Corinthians, no último domingo (30)

Tatiele Silveira, técnica da FerroviáriaTatiele Silveira, técnica da Ferroviária - Foto: Divulgação/CBF

A Ferroviária conquistou, neste domingo (29), o Campeonato Brasileiro de Futebol Feminino ao derrotar o Corinthians nos pênaltis (4 a 2), após empate sem gols no tempo normal. Desta forma, quem também fez história foi Tatiele Silveira,comandante do time de Araraquara, que se tornou a primeira técnica mulher a levantar a taça do Brasileirão Feminino.

A treinadora,de 39 anos, alcançou um grande feito: estreou como técnica este ano na divisão prinicpal da competição, como afirmou em entrevista à assessoria da Confederação Brasileira de Futebol (CBF).

“É a realização de um sonho! É o primeiro ano que participo da primeira divisão do Campeonato Brasileiro e pude trabalhar com um grupo de jogador as fantásticas. As meninas desde o início do trabalho foram muito comprometidas e a gente foi criando um corpo, uma conexão. Contemplamos essa temporada com o título, isso é único”.

Antes da conquista de Tatiele Silveira, apenas duas técnicas mulheres haviam participado de decisões de campeonatos nacionais femininos: Emily Lima, em 2016, e Dorotéia de Souza, em 2018.

A decisão

Após o empate em 1 a 1 no jogo de ida, realizado em Araraquara, as duas equipes precisavam da vitória no Parque São Jorge, casa do Timão, para garantir o título

Mas o 0x0 no placar se manteve no tempo normal e levou a decisão para a disputa de pênaltis. Final 4 a 2 para a Ferroviária. O grande destaque foi a goleira Luciana, que pegou uma cobrança, o foi fundamental para a conquista do time de Araraquara.

Leia também:
Brasileirão: Corinthians e Ferroviária empatam primeiro jogo da final
Ferroviária e Corinthians buscam o bi no Brasileiro feminino

Veja também

Ministério Público vai recomendar suspensão do futebol no Brasil
Futebol

Ministério Público vai recomendar suspensão do futebol no Brasil

De volta ao Náutico, Luiz Henrique lamenta poucas oportunidades em Portugal
Futebol

De volta ao Náutico, Luiz Henrique lamenta poucas oportunidades em Portugal