Técnico da França não comenta sobre sua imagem de 'sortudo'

Didier Deschamps, treinador da França foi provocado durante sua entrevista coletiva antes do jogo contra a Bélgica

Didier Deschamps, técnico da França Didier Deschamps, técnico da França  - Foto: FRANCK FIFE / AFP

A duas partidas de ser campeão mundial, o técnico Didier Deschamps não quis comentar, ao ser provocado, sobre a imagem de sortudo que supostamente tem na França. Na opinião de seus críticos mais ferrenhos, o técnico da seleção teve boa fortuna ao assumir o cargo em 2012, momento em que uma nova geração talentosa de jogadores surgia.

Nesta terça-feira (10), a partir das 15h (de Brasília), a equipe francesa enfrenta a Bélgica pela semifinal da Copa do Mundo.

"Não sei. Talvez eu estava no lugar certo na hora certo. Talvez seja o mesmo para outros, eu não sei Não estou sozinho. Tenho todo meu staff e nós trabalhamos. Mas há requerimentos para eu estar aqui. Faço o máximo para que tenhamos a melhor equipe. [A crítica] Não tem nenhum impacto sobre mim", disse o treinador.

Deschamps tem a chance de ser o terceiro nome a conquistar o título mundial como jogador e técnico. Ele venceu o torneio em 1998 como volante e capitão da França. Os dois outros dois foram o brasileiro Zagallo e o alemão Franz Beckenbauer.

"Me pergunte sobre isso depois do jogo", respondeu, se recusando a comentar.
Leia também:
França bate o Uruguai e é a primeira semifinalista

Na verdade, quando o jornalista iniciou a questão, Deschamps fez uma careta, sinalizando de que aquele tema não o agradava. Pior ainda foi quando um repórter russo pediu para que ele analisasse os pontos fortes e fracos da seleção anfitriã, eliminada pela Croácia nas quartas de final.

"Eu tenho de responder a isso?", questionou.

Veja também

Técnico Adilson Batista tem melhora e deve deixar UTI
Futebol

Técnico Adilson Batista tem melhora e deve deixar UTI

Jean projeta mais duas vitórias para Náutico se livrar do risco de queda
Futebol

Jean projeta mais duas vitórias para Náutico se livrar do risco de queda