Técnico do Atlético-GO reaparece sem lesões, mas volta a sumir

Treinador chegou de táxi no seu aparamento, às 15h48, e não expunha lesões aparentes ou marcas de sangue. Investigações apontam para possível extorsão

Marcelo Cabo pode estar sendo vítima de extorsãoMarcelo Cabo pode estar sendo vítima de extorsão - Foto: Divulgação/Atlético-GO

Dado como desaparecido no começo da tarde desta segunda-feira (16), o técnico do Atlético-GO, Marcelo Cabo, reapareceu às 15h48 no seu prédio, em Goiânia, mas logo saiu novamente – levou menos de 10 minutos - e segue sem dar sinais. Apesar do mistério que envolve o caso, um lado positivo foi constatado com esse ‘aparecimento relâmpago’: o treinador não aparentava ter sofrido lesões corporais, nem expunha manchas de sangue em suas roupas.

De acordo com as informações repassadas pela polícia de Goiás e dirigentes do Atlético-GO, Marcelo Cabo chegou de táxi, e o veículo esperou por ele no mesmo local para a nova saída. Diante disso e levando em conta a ausência de ferimentos, as investigações apontam para uma possível extorsão, mediante chantagem ou coação, como indicou o tenente-coronel Wellington Urzêda, em entrevista a uma rádio local.

“Ele chegou sem lesões evidentes. Inclusive, cumprimentou funcionários. Sabemos que ele está bem, a princípio”, disse o policial. E explicou: “Agora, vamos conduzir as investigações para descobrirmos se ele está sendo constrangido a sacar alguma quantia ou sofrendo coação. Vamos buscar saber sobre suas movimentações no cartão para sabermos se houve retirada de dinheiro ou transferências”.

O treinador chegou a comandar o Dragão diante do Gama, no último sábado (14), e sumiu na madrugada para o domingo (15), sendo visto saindo às 3h, sem celular e documentos pessoais. Apenas portava cartão de débito. O Atlético-GO, então registrou boletim de ocorrência e, agora, as investigações ganharão sequência.

Veja também

Fred marca 400º gol na carreira e Fluminense bate o Nova Iguaçu
Campeonato Carioca

Fred marca 400º gol na carreira e Fluminense bate o Nova Iguaçu

PSG quer renovar com Mbappé, mas já sondou Kane e Salah, diz jornal
Futebol Internacional

PSG quer renovar com Mbappé, mas já sondou Kane e Salah, diz jornal