Técnico do Sub-20, Dutra aposta no recomeço da base coral

Em entrevista exclusiva, profissional fala sobre nova empreitada e capacitação antes de topar o desafio no Arruda

Ex-lateral esquerdo Dutra Ex-lateral esquerdo Dutra  - Foto: Santa Cruz/Divulgação

Assim como o elenco principal, o Santa Cruz reformulou o departamento das divisões de base com o aval do presidente Constantino Júnior. Após grande debandada no quadro de funcionários, uma nova composição de profissionais para as categorias inferiores do clube foi apresentada oficialmente no estádio do Arruda para a temporada 2018. Em busca de um recomeço, uma das novidades é no comando técnico do Sub-20. O ex-lateral esquerdo Dutra, velho conhecido do futebol pernambucano, assume o posto de treinador dos juniores.

Após pendurar as chuteiras em 2014, exatamente no dia 22 de julho, o profissional de 44 anos começou uma nova trajetória. Concluiu o curso da Confederação Brasileira de Futebol (CBF) de base e virou assistente-técnico do Sport no ano passado após convite de Daniel Paulista, mas só passou três meses no cargo. Agora, Dutra aceitou o desafio de orientar os garotos à beira do gramado.

Em entrevista exclusiva à reportagem da Folha de Pernambuco, o treinador do Sub-20 coral falou sobre a nova empreitada, expectativa para o trabalho e capacitação antes de topar o projeto de reconstrução. 

Desafio

Fui convidado pelo presidente Constantino Júnior e pelo diretor da base, Rogério Guedes. Eles me apresentaram o planejamento, mostraram as dificuldades e o desejo é de fazer algo diferente. Me coloquei à disposição para ser técnico do Sub-20 e trabalhar em conjunto com as outras categorias (Sub-15 e Sub-17).”

Objetivo

“Meu pensamento agora é reestruturar a base do clube. Queremos fazer esse resgate daqui pra frente. O foco principal é na garotada. Estou começando um trabalho de técnico agora e prefiro não olhar para o futuro. Já temos a metodologia traçada e espero que a gente consiga dar boas condições para os meninos antes de profissionalizá-los.”

Capacitação

“Eu fiz um curso da CBF de base e já conclui. Os estágios foram importantes para me preparar bem e sonho em ter sucesso na nova função.”

Sentimento

“Estou muito feliz. Tenho um carinho enorme pelo Santa Cruz. Quero fazer o clube crescer da melhor maneira possível com transparência e profissionalismo. Me preparei para chegar até aqui. Agradeço a oportunidade e a confiança. Espero colocar em prática tudo que aprendi no futebol.”

Trajetória

Foram 21 anos como atleta profissional. Dutra defendeu grandes clubes brasileiros: Santos, Coritiba e América/MG. Ele também acumula uma passagem pelo Sport. Na Ilha do Retiro, disputou sete temporadas e foi ídolo da torcida com a conquista da Copa do Brasil em 2008. Já no Santa Cruz, sagrou-se campeão pernambucano em 2011 e ainda jogou no ano de 2012. O seu último clube da carreira foi o Yokohama Marinos, do Japão, onde se aposentou.

Integrantes da base

Rogério Guedes, diretor principal;

Marcelo Mello, diretor;

Fábio Araújo, diretor;

Romualdo Barbosa, diretor

Palhinha, técnico do Sub-15;

Felipe Alves, técnico do Sub-17;

Diego Gondim, assessor de imprensa

Veja também

Pandolfo evita problematizar situação do Imperatriz e avisa: ‘Estamos focados no jogo’
Série C

Pandolfo evita problematizar situação do Imperatriz e avisa: ‘Estamos focados no jogo’

GPs fora de época fazem F1 se adaptar a frio incomum
Automobilismo

GPs fora de época fazem F1 se adaptar a frio incomum