Técnico elogia adversário, mas destaca força do elenco do Náutico

Márcio Goiano frisou a disputa por posições no Náutico e mostrou conhecimento sobre o Atlético/AC

Márcio Goiano elogiou grupo do NáuticoMárcio Goiano elogiou grupo do Náutico - Foto: Léo Lemos/Divulgação/Náutico

Para sair da zona de rebaixamento do Grupo A da Série C e alcançar o G4, o Náutico precisou lidar bem com os desfalques. Atletas como Breno, Camutanga, Jhonnatan e Wallace Pernambucano deixaram a equipe por lesão. Ortigoza, por suspensão. Fora outros que saíram por opção técnica. Mesmo com tantas mudanças, o Timbu engatou uma sequência de três vitórias, pulou para o terceiro lugar, e se aproximou da classificação ao mata-mata.

“Quando você perde um atleta, você precisa buscar soluções. Temos muitos jogadores com versatilidade, dando condição de colocá-los em outros setores”, disse o técnico Márcio Goiano. “Há um mês estávamos em uma situação ruim e depois tudo mudou. Tivemos algumas mudanças de jogadores e conseguimos chegar ao G4. Precisamos nos manter agora”, completou.

O exemplo mais claro citado pelo técnico foi na defesa. Com as lesões de Breno e Camutanga, Sueliton e Rafael Ribeiro ganharam espaço entre os titulares.  O segundo, inclusive, recebendo elogios do comandante.

“Temos cinco zagueiros e hoje escolho dois. Mas qualquer um que eu colocar, o Náutico estará bem servido. Em outras posições também. Quem está fora, deve continuar trabalhando porque precisaremos deles. Todos são importantes. Camutanga tem seu espaço, mas Rafael entrou e surpreendeu positivamente. Tem as mesmas qualidades, um com força, rapidez e agressividade. No momento é o titular da posição. Mas tenho tranquilidade com relação a todos”, disse.

Atlético/AC

Equipe de campanha mais surpreendente da Série C, o Atlético/AC não esconde que seu planejamento para o torneio era bem mais modesto. O presidente do clube, Elison Azevedo, indicou que a meta inicial era fugir do rebaixamento à Série D. Com 23 pontos, o objetivo foi alcançado. Boa fase que deixou os alvirrubros atentos. “Eles estão mantendo regularidade na competição. Pude acompanhar dois jogos e vi que a equipe é bem treinada, com uma linha de quatro e dois volantes. Eles têm dois jogadores de criação, Eduardo e Neto, além de Tauã pela esquerda e Rafael como centroavante. É uma equipe com propósito de posse de bola e precisamos fazer pressão”, disse Goiano.

Leia também:
Goiano não confirma Náutico para jogo contra Atlético/AC
Josa cita equilíbrio como trunfo para crescimento do Náutico

Veja também

Itália e País de Gales passam de fase na Eurocopa
Eurocopa

Itália e País de Gales passam de fase na Eurocopa

Duelo de invictos: Náutico, líder da Série B, recebe o Botafogo
Futebol

Duelo de invictos: Náutico, líder da Série B, recebe o Botafogo