A-A+

Técnico elogia brasileiro encontrado morto: "Era um garoto excepcional"

Vinícius viajaria de ônibus nesta segunda-feira com os demais companheiros para a cidade de Alcañiz, mas não apareceu

Jogador de vôlei Vinicius NoronhaJogador de vôlei Vinicius Noronha - Foto: Reprodução/Facebook

O jogador de vôlei Vinícius Noronha da Silva, de 26 anos, que foi encontrado morto em casa nesta segunda-feira, foi descrito como "um garoto excepcional" pelo técnico Carlos Carreño, responsável pela contratação do brasileiro em 2014 para o Club Voleibol Teruel, clube que defendia na Espanha.

"Era um garoto excepcional, impossível não gostar dele. Um menino fantástico, simpático e religioso, um excelente companheiro. Seu lema era 'trabalhar, trabalhar e trabalhar'. Ele gostava de treinar e se esforçava para melhorar", comentou Carreño, que hoje treina o Chenois, da Suíça.

O treinador relatou à Agência Efe que, quando chegou ao Teruel, em 2014, procurava jogadores completos para reforçarem o elenco do clube espanhol. "Tinham me oferecido jogadores com muito mais experiência e, talvez, mais completos. Mas, quando vi Vinícius em um vídeo, gostei do seu jogo de pernas e da intensidade com a qual ele jogava. Ele queria o mundo", enalteceu.

Leia também:
Jogador de vôlei brasileiro é encontrado morto na Espanha


Carreño pediu mais vídeos e relatórios do líbero brasileiro, e disse ter tomado a decisão de contratar Vinícius "porque ele era muito ativo na defesa e bom tecnicamente".

"Nutri um carinho especial e continuei em contato com ele (Carreño foi demitido em março de 2016). Vinícius vinha de uma família bastante humilde e queria mostrar potencial na Europa porque não tinha jogado em times de alto nível no Brasil. Chegou com um salário normal, mas foi melhorando e estava supercontente. Sabia o quanto tinha deixado em seu país e que valia a pena lutar", comentou.

Eleito o melhor líbero da Superliga da Espanha na última temporada, o brasileiro estava relacionado para a partida de pré-temporada contra o L'Illa Grau. Vinícius viajaria de ônibus nesta segunda-feira com os demais companheiros para a cidade de Alcañiz, mas não apareceu.

"Por volta das 9h45 (hora local), me ligaram de Teruel. Ainda não acredito. Comentaram que o ônibus no qual seus companheiros já estavam tinha a saída prevista para as 9h. Como ele não apareceu, foram buscá-lo, e o encontraram morto", relatou Carreño.

A autópsia do jogador será realizada na terça-feira no Hospital San José, na cidade de Teruel, segundo informações de fontes do governo da região espanhola de Aragão. EFE

Veja também

Acompanhe, lance a lance, Náutico x Londrina
BRASILEIRO SÉRIE B

Acompanhe, lance a lance, Náutico x Londrina

Marcos enaltece Libertadores de 2009 do Sport: 'tinha mais chances de chegar à conquista'
Futebol

Marcos enaltece Libertadores de 2009 do Sport: 'tinha mais chances de chegar à conquista'