Temer lamenta morte de Carlos Alberto e o diz que atleta foi 'exemplo de garra'

O Flamengo também homenageou o Capita, que foi o treinador campão brasileiro em 1988

Mutirão da Prefeitura teve início nesta sexta-feira (4)Mutirão da Prefeitura teve início nesta sexta-feira (4) - Foto: Chico Bezerra/PJG

Michel Temer foi mais um a lamentar a morte de Carlos Alberto Torres. O presidente do Brasil usou sua conta no Twitter para postar uma mensagem sobre o ex-jogador. 

"Carlos Alberto Torres foi exemplo de garra e liderança. Lamento a morte do capitão do tricampeonato mundial conquistado pelo Brasil", escreveu. 

Carlos Alberto Torres morreu na manhã desta terça-feira após um infarto fulminante. O capitão do Brasil na Copa de 1970 tinha 72 anos.


FLAMENGO

O Flamengo decretou luto pela morte de Carlos Alberto Torres, o "Capita do Tri", nesta terça-feira (25). O presidente Eduardo Bandeira de Mello ordenou que as bandeiras do clube na sede da Gávea e no CT Ninho do Urubu fiquem a meio mastro. Homenagens estão sendo preparadas para o técnico campeão brasileiro pelo Rubro-negro em 1983.

Ele dirigiu o time estrelado por Zico e também esteve no banco de reservas em 2001 e 2002. Em 1977, disputou 20 jogos como atleta do Flamengo.

 

Veja também

Secretaria de Saúde cancela clássico catarinense por risco de contágio
Campeonato Catarinense

Secretaria de Saúde cancela clássico catarinense por risco de contágio

Liverpool cede empate ao Burnley; Norwich é primeiro rebaixado da Premier League
Futebol Internacional

Liverpool cede empate ao Burnley; Norwich é primeiro rebaixado da Premier League