"Temos que entrar no espírito da Série C", diz Assis

Lateral-esquerdo acredita que Timbu pode reagir no sábado, contra o Imperatriz, nos Aflitos

Assis, lateral-esquerdo do NáuticoAssis, lateral-esquerdo do Náutico - Foto: Kleyvson Santos/Folha de Pernambuco

O Náutico dos 18 jogos de invencibilidade em 2019, da defesa mais sólida, do ataque inspirado e com pratas da casa brilhando. Há pouco menos de um mês essa era a definição do time na temporada. A perda do título estadual para o Sport e as derrotas consecutivas para ABC e Campinense, porém, fazem o passado vitorioso ficar cada vez mais em segundo plano. Precoce ou não, o clima é de cobrança nos Aflitos. Por isso, os alvirrubros pregam uma mudança para retomar o caminho dos triunfos.

"Estamos trabalhando do mesmo jeito, com humildade, mas algumas coisas não estão dando certo. Deixamos a desejar nos últimos dois jogos após um ótimo que fizemos contra o Sport. Temos que entrar no espirito da Série C. Uma divisão difícil, totalmente diferente do Pernambucano. Temos que fazer o dever de casa no sábado para dar uma arrancada", afirmou o lateral-esquerdo Assis, citando o duelo diante do Imperatriz, nos Aflitos, pela segunda rodada da Terceira Divisão.

O jogador também fez uma autoavaliação do seu desempenho na temporada, em comparação ao que fez em 2018. Segundo o próprio jogador, ele ainda está devendo futebol. "Ano passado terminei bem e até por isso a cobrança é maior. Isso faz com que a torcida tenha uma expectativa maior não somente sobre mim, mas sobre todo o time. Estamos trabalhando para reagir o quanto antes", pontuou.

Leia também:
Empresário confirma sondagem da Chapecoense por Robinho
Danilo Pires treina e reforça Náutico contra Imperatriz

Veja também

Algoz de Vasco e Bahia, Defensa y Justicia conquista Copa Sul-Americana
Futebol

Algoz de Vasco e Bahia, Defensa y Justicia conquista Copa Sul-Americana

Confira a vitória do Flamengo sobre o São Paulo por 79 a 71 na final da Copa Super 8
Basquete

Confira a vitória do Flamengo sobre o São Paulo por 79 a 71 na final da Copa Super 8