"Temos que ter vergonha na cara", detona Danny Morais, do Santa

Após a derrota para o Náutico no Arruda, zagueiro tricolor lamenta o tropeço no Clássico das Emoções após o Santa jogar com um homem a mais desde os 22 minutos do primeiro tempo

Danny Morais, zagueiro do Santa CruzDanny Morais, zagueiro do Santa Cruz - Foto: Santa Cruz/divulgação

O Santa Cruz sofreu um baque dentro de casa. Mesmo com um homem a mais desde os 22 minutos do primeiro tempo, perdeu para o Náutico por 1x0, nesta segunda-feira (18), no estádio do Arruda, pela 10ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série C (abertura do returno). Após a derrota no Clássico das Emoções, o zagueiro Danny Morais pediu vergonha na cara ao elenco coral e lamentou o revés como mandante.

"É inadmissível perder o jogo com um a mais e ainda por cima em casa. O clássico era um divisor de águas e por isso é complicado. Temos que reagir, até porque foi muito ruim o resultado. Isso não pode voltar acontecer diante da nossa torcida. Deixamos a desejar e acaba complicando o nosso andamento no campeonato. Precisamos juntar os cacos para melhorar. Temos que ter vergonha na cara. Acho que o nosso time é aguerrido e podemos ajustar as coisas. É esse grupo que vai até o fim", detonou um dos líderes e referência do grupo tricolor.

Antes da vitória do Timbu, os rivais haviam empatado duas vezes na temporada: 0x0 no Campeonato Pernambucano, no Arruda, pela 7ª rodada da primeira fase, e 1x1 na estreia do Brasileiro da Série C, na Arena de Pernambuco. Com o tropeço em casa, os tricolores seguem no G4 (4ª lugar, com 14 pontos), mas agora os alvirrubros estão na cola e subiram na tabela da 9ª para a 5ª posição, com 13 pontos, saindo do Z2 e pulando para a porta da zona de classificação.

Leia também:

Mesmo com expulsão de Ortigoza, Náutico vence Santa por 1x0 

Roberto Fernandes admite incompetência do Santa no clássico 

Veja também

Eslovênia acusa comitê organizador do Mundial de Handebol de servir comida estragada
Handebol

Eslovênia acusa comitê organizador do Mundial de Handebol de servir comida estragada

Com 21% de chance de queda, Sport encara sequência que lhe deu apenas quatro pontos no 1º turno
Sport

Com 21% de chance de queda, Sport encara sequência que lhe deu apenas quatro pontos no 1º turno