'Teremos um trabalho de peso', brincou Guto Ferreira no Sport

Treinador se mostrou animado com possível vinda de Diego Souza e brincou sobre situação com repórter em entrevista coletiva

Técnico do Sport comanda treino no CT do LeãoTécnico do Sport comanda treino no CT do Leão - Foto: Anderson Stevens/Sport Club do Recife

O tempo vai ser um dos maiores aliados do novo treinador do Sport, Guto Ferreira. O comandante rubro-negro não terá aquela pressa para colocar o time em campo num curto espaço de tempo, fato comum aos profissionais contratados com a temporada já rolando. Apresentado oficialmente na última quinta-feira (21), no CT José Médicis, em Paratibe, Guto terá praticamente uma semana para conhecer o elenco e escalar o time que encara o Afogados, na próxima quinta-feira, na Ilha do Retiro. Já na última quinta-feira (21), o técnico fez questão de acompanhar do gramado o treinamento, vendo de perto as atividades dos atletas. Antes concedeu uma entrevista coletiva. 

Ao lado dos diretores Wanderson Lacerda, Nelo Campos e Fred Domingos, o novo comandante leonino se mostrou bastante motivado com o novo desafio e convocou a torcida para unir forças. "Eu já enfrentei o Sport na Ilha do Retiro e sei como é a bronca. Quando a família está com problema em casa, ela se une para resolvê-lo Temos que fazer o mesmo: torcida, dirigente, jogadores precisam se unir para fazer o Sport se recuperar e termos êxito nesse trabalho", disse Guto.

Leia também:
Guto Ferreira chega pedindo união para o Sport se reerguer
Ao vivo: Sport apresenta o técnico Guto Ferreira

Dentre os diversos assuntos abordados, como não poderia ser diferente, o caso Diego Souza foi levantado para o novo treinador do Sport. Paciente, Guto Ferreira elogiou bastante o ex-meia leonino e deixou as portas abertas do clube, mas não quis se envolver na negociação. "Tecnicamente, Diego Souza é indiscutível. É um jogador de decisão e qualidade que qualquer treinador gostaria de ter. Mas existem vários fatores que não são do meu departamento", comentou Guto. Tratado como assunto sigiloso, os dirigentes presentes não quiseram comentar o assunto Diego Souza.

Aos 53 anos e vindo de um trabalho mal sucedido na Chapecoense no ano passado, Guto Ferreira foi questionado sobre os atletas Magrão e Juninho. O goleiro vem sendo questionado pelas recentes falhas. Já o jovem atacante, que tem um histórico de indisciplinas, acabou se envolvendo numa confusão no último clássico, contra o Santa Cruz, quando agrediu um repórter em campo. "Magrão dispensa comentários. É um grande goleiro, uma lenda, um ídolo no clube. Vou conversar com ele e ver no dia a dia, no trabalho que ele vem fazendo para tomar uma decisão. Já sobre o Juninho eu não vou descartar nenhum jogador antes de conhecê-lo no dia a dia", disse.

Por último, o momento mais hilário do dia. Um repórter confundiu o nome do treinador Guto Ferreira com o do diretor Nelo Campos, arrancando risadas dos presentes. Ao fim da coletiva, o próprio Guto brincou sobre a situação. "Vocês podem ter certeza que aqui haverá um trabalho de peso", encerrou sorrindo.

Veja também

Santa prolonga contrato de trio para jogo contra o Itabaiana
Futebol

Santa prolonga contrato de trio para jogo contra o Itabaiana

Barça vence Rayo Vallecano de virada e vai às quartas da Copa do Rei
Futebol

Barça vence Rayo Vallecano de virada e vai às quartas da Copa do Rei