"Teria ficado feliz se Neymar voltasse", afirma Messi

Craque admite que brasileiro incrementaria o elenco catalão na busca pelas aspirações da temporada

Lionel Messi, craque do BarcelonaLionel Messi, craque do Barcelona - Foto: Pau Barrena/AFP

O ídolo argentino Lionel Messi teria ficado "feliz" com a volta de Neymar ao Barcelona, declarou o jogador em entrevista publicada nesta quinta-feira pelo diário esportivo catalão Sport.

Dez dias após o fechamento da janela de transferência na Europa, na qual Neymar flertou com o Barça, mas acabou ficando no Paris Saint-Germain, Messi defendeu o amigo brasileiro e ex-companheiro de clube (2013-2017), que para o argentino é um dos poucos jogadores capazes de reforçar o atual elenco catalão. "A verdade é que sim, teria ficado feliz se Neymar voltasse", declarou o argentino em longa entrevista realizada na terça-feira.

"Entendo as pessoas que eram contra, e é normal por tudo que aconteceu com Ney, a maneira como foi e como nos deixou (...), mas pensando a nível esportivo, para mim Neymar é um dos melhores do mundo e obviamente nossa equipe teria aumentado as chances de conseguir os resultados que todos queremos", admitiu o argentino.

 Leia também:

[Vídeo] Van Dijk disputa com Messi e CR7 o The Best, da FIFA

'Admiro muito a carreira de Messi', diz Cristiano Ronaldo 

Neymar vai enfrentar Barcelona no tribunal 

"Não, decepcionado não. Eu teria gostado que viesse e que estivesse comigo, mas como disse antes, temos um elenco espetacular para brigar por tudo sem ele também", completou.

Messi aproveitou a entrevista para desmentir os boatos de que teria imposto aos dirigentes do clube a contratação de Neymar: "É óbvio que não mando (...) Nunca falamos que era preciso contratá-lo. Não impomos nada".

Convertido em 2017 no jogador mais caro da história (222 milhões de euros) ao ter a multa rescisória paga pelo PSG, Neymar não escondeu sua vontade de voltar ao Barcelona, como confirmou Messi.

"Não sei se o clube realmente queria ou não. Eu sei que Ney tinha muita vontade (de voltar). Mas também entendo que é muito difícil negociar com o PSG", explicou o argentino, afirmando não saber se o Barça realmente se empenhou para trazer o atacante brasileiro: "Sinceramente, não sei se (o Barça) fez todo o possível". 

Veja também

Palmeiras vira o rei do empate, e Luxa se irrita com debate por desempenho
Futebol

Palmeiras vira o rei do empate, e Luxa se irrita com debate por desempenho

Di María se irrita por não ser convocado para jogos da Argentina nas eliminatórias
Futebol

Di María se irrita por não ser convocado para jogos da Argentina nas eliminatórias