Tímido, ataque do Santa volta a marcar e busca equilíbrio

Dos 15 gols anotados na temporada, apenas três deles saíram dos pés de atacantes (Robinho e Fabinho Alves)

Robinho comemora gol contra Belo JardimRobinho comemora gol contra Belo Jardim - Foto: Brenda Alcântara/Folha de Pernambuco

Questionado pela falta de gols, o ataque do Santa Cruz reencontrou o caminho das redes na temporada 2018. Dos 12 gols que o time tinha feito, apenas um deles havia sido anotado por um atacante, Robinho, no dia 20 de fevereiro (contra o CRB/AL). Ele voltou a deixar sua marca na vitória sobre o Belo Jardim por 3x2, e Fabinho Alves também foi autor de um dos tentos dos tricolores.

Leia também: 

Mesmo com vitória, Rocha critica atuação do Santa 

Apagão assusta e deixa lições no Santa Cruz  

Santa 3x2 Belo Jardim: 1ª vitória coral no Arruda no PE 

A melhora de desempenho dos homens de frente foi comemorada pelo técnico Júnior Rocha na entrevista coletiva depois da partida. “Estamos felizes por ver mais atacantes fazendo gols. Todos do setor são comprometidos com a função tática, se entregam muito em prol da equipe. É seguir ajustando algumas situações para que a bola continue entrando”, destacou.

Em 13 jogos até aqui – nove no Campeonato Pernambucano, três na Copa do Nordeste e um pela Copa do Brasil –, o Santa balançou as redes 15 vezes. Vale lembrar que o único centroavante do elenco é Vinícius. O restante dos atacantes atua pelas beiradas (conhecidos como ponta): Robinho, Fabinho Alves, Augusto e Jonathan Bryan (ainda não oficializado como novo reforço).

Veja também

Jean Carlos está na seleção da Série B 2021
Futebol

Jean Carlos está na seleção da Série B 2021

Após parada cardíaca, Eriksen volta aos treinos na DinamarcaFutebol Internacional

Após parada cardíaca, Eriksen volta aos treinos na Dinamarca