Todo cuidado é pouco para o Clássico das Multidões

Envolvidos em evento se mobilizam para que incidentes registrados no último Sport x Santa Cruz não se repitam amanhã

Torcedores ficam feridos em confusão no jogo Sport x Santa CruzTorcedores ficam feridos em confusão no jogo Sport x Santa Cruz - Foto: Anderson Stevens / Folha de Pernambuco

O chamado Clássico das Multidões dificilmente se resume às quatro linhas. Nos últimos anos, duelos entre Sport x Santa Cruz viraram sinônimo de confusão. Afinal, o comum é que as duas - imensas - torcidas se confrontem pelas ruas do Recife. Na última quarta-feira (7), não houve registro de brigas na cidade. Ainda assim, a partida ficou marcada por um tumulto. Na Ilha do Retiro, após um tricolor acender um sinalizador, a polícia entrou em ação, provocando tumulto nas arquibancadas e fazendo com que dezenas de corais ficassem feridos e fossem atendidos no gramado. Para o jogo desta quarta-feira (14), também na Ilha, todo cuidado é pouco para que incidentes do tipo não se repitam.

Leia também:
Torcedores ficam feridos no jogo Sport x Santa Cruz
Tininho: "Toda vez passamos por esse constrangimento"
Sport descarta ida de clássico para a Arena de Pernambuco
Cada um com sua (des) razão para o tumulto no clássico

Devido ao episódio, o próprio Santa Cruz fez um pedido para que a partida ocorra em paz e os torcedores sejam bem tratados. "Fica aqui registrado o nosso desejo e a nossa expectativa de ver a torcida coral sendo bem tratada na Ilha do Retiro, ao contrário do que aconteceu no último Clássico das Multidões. Esperamos que seja um jogo de paz", postou o clube, em sua conta oficial do Twitter. Na semana passada, logo após o clássico, o presidente do Santa Cruz, Constantino Júnior, reclamou do tratamento dispensado aos torcedores corais na Ilha do Retiro. "Ninguém sai de casa para apanhar. É um despreparo muito grande, mas é uma coisa recorrente. Toda vez o torcedor do Santa Cruz passa por esse constrangimento. E toda vez que se joga na Ilha do Retiro, a gente enfrenta essa dificuldade", reclamou Tininho.

De acordo com o presidente da Federação Pernambucana de Futebol, Evandro Carvalho, apesar da animosidade vista no jogo passado, dificilmente a operação da PM será diferente no duelo. "Toda a operação já está prevista no plano de ação anual. Não há nada especial, porque todo o possível que a lei manda é feito regularmente. O efetivo de policiais é proporcional ao número de ingressos. Tudo é planejado previamente", assegurou. "Não tivemos conflito entre torcidas e a questão do torcedor do Santa Cruz está sendo levantada. Conversamos com a polícia. Estamos revendo os filmes, mas isso é uma decisão dela, de operação dela, não temos poder ou competência para dizer como ela deve agir", explicou.

Nesta terça-feira (13) acontecerá a reunião das autoridades para tratar do policiamento do jogo.

Ingressos
A torcida do Santa Cruz esgotou em poucas horas, nessa segunda (12), os 2.600 ingressos que foram colocados à disposição. A informação foi divulgada pelo clube. Como de praxe, os tricolores vão ficar acomodados por trás de uma das barras (famoso tobogã do placar).

Veja também

Saiba como os candidatos da oposição atuaram no passado do Santa Cruz
Eleição

Saiba como os candidatos da oposição atuaram no passado do Santa Cruz

O adeus de uma lenda: Anderson Silva se despede do UFC neste sábado
UFC

O adeus de uma lenda: Anderson Silva se despede do UFC neste sábado