A-A+

Toty celebra retorno ao Recife e reencontro com Schülle

Lateral foi apresentado oficialmente nesta quarta-feira e comentou a influência do treinador na briga por posição

Toty irá defender o Santa Cruz em 2020Toty irá defender o Santa Cruz em 2020 - Foto: Alexandre Aroeira / Folha de Pernambuco

Natural de Recife, Christofoly Acioly da Silva, mais conhecido como Toty, acertou com o Santa Cruz para a temporada de 2020. Além de reencontrar a cidade natal, o lateral-direito irá rever um rosto mais do que familiar durante sua passagem no Cuiabá, em 2019. Ele foi peça essencial no esquema de Itamar Schülle no clube matogrossense e veio ao Tricolor com a indicação do treinador. Apresentado na tarde desta quarta-feira, o jogador teve as origens destacadas pelo executivo de futebol Nei Pandolfo. “É de Recife, conhece muito bem a casa. Comissão técnica conhece o atleta muito bem, que conhece o trabalho da comissão técnica. Comprou a nossa ideia e tenho certeza que vai nos ajudar bastante”.

Toty foi revelado pelo Sport, mas não estreou profissionalmente no rubro-negro. Após encerrar o contrato, o lateral ficou oito anos distante da Capital pernambucana. “Agradeço toda à diretoria do Santa Cruz, presidente, toda a comissão técnica, minha família, meu empresário. Depois de sete, oito anos, mais ou menos, fora daqui, a gente poder retornar em uma equipe grande como o Santa Cruz. Feliz pela oportunidade que eles têm nos dado aqui, poder crescer com o clube, um clube acostumado a vencer, a conquistar títulos”, apontou.

Na temporada passada, o atleta atuou 46 vezes no Dourado e a maior parte sob o comando de Schülle. No entanto, ele avalia que a concorrência é grande e não tem a titularidade garantida. "Vai ficar a critério do treinador. A gente sabe que o clube trouxe laterais muito bons e a briga tá boa. Não tem titular ainda, a gente tá em busca. Acho que pra conseguir os objetivos que o clube almeja tem que uma equipe forte, peças de reposição muito fortes, e estamos nessa briga pela titularidade”, disse.

Com passagem marcante no Salgueiro, onde ficou três temporadas, Toty ainda rodou no futebol gaúcho e paranaense. “Na época que eu estava por aqui, muito novo, ainda não tinha tanta experiência como tenho agora. O Santa Cruz tem buscado jogadores com essa bagagem, e acima de tudo, atletas que sempre brigaram por conquistar objetivos nos clubes que passaram. Graças a Deus a gente vêm há cinco anos disputando finais e conquistando, acho que o Santa teve esse desejo de nos trazer pra cá por conta disso. A gente pensa grande, pensa em vencer, independente da camisa que a gente veste damos o nosso melhor.Tenho certeza que vai dar certo”, exaltou o lateral.

Leia também:

Warley põe Santa Cruz na Justiça

Santa organiza show de humor para arrecadar dinheiro para CT 

 

Veja também

Galo bate Fortaleza, Furacão passa pelo Flamengo, e times fazem final da Copa do Brasil
Copa do Brasil

Galo bate Fortaleza, Furacão passa pelo Flamengo, e times fazem final da Copa do Brasil

'Tudo é homofobia, tudo é feminismo', ironiza Bolsonaro sobre punição a Maurício Souza
Homofobia

'Tudo é homofobia, tudo é feminismo', ironiza Bolsonaro sobre punição a Maurício Souza