"Trabalhamos em cima das qualidades do Sport", diz Eutrópio

Treinador do Santa Cruz falou após a vitória sobre os rivais na semifinal da Copa do Nordeste

Lances de Sport x Santa Cruz, semifinal da Copa do Nordeste 2017Lances de Sport x Santa Cruz, semifinal da Copa do Nordeste 2017 - Foto: Anderson Stevens/Folha de Pernambuco

O Santa Cruz fez o jogo certo para vencer o Sport. O time mudou a sua forma de atuar. Com três homens no meio de campo, inibiu as subidas de volantes rubro-negros. As jogadas criadas pelos rubro-negros não foram convertidas em gol, principalmente, pelo fato de a bola não ter chegado com qualidade aos jogadores de ataque.

Então, o resultado positivo foi construído e acabou se transformando em uma vantagem enorme na busca pela final da Copa do Nordeste. Como não poderia ser diferente, após o jogo, o técnico Vinícius Eutrópio fez questão de elogiar a postura do seu time. Mas deixou claro que nada está vencido ainda.

“Tivemos uma semana muito proveitosa. Trabalhamos focados neste jogo, em cima das qualidades do Sport. E fomos felizes. E o resultado obtido acabou coroando todo o trabalho desempenhando nesta semana, e também aquele iniciado desde o dia quatro de janeiro (dia da reapresentação coral para a temporada 2017”, disse o comandante tricolor.

Com relação a vantagem construída, o técnico tricolor foi cauteloso. Segundo Eutrópio, o Santa Cruz não pode pensar em segurar o resultado pela qualidade que o Sport tem. “Não dá pra a gente administrar o resultado. Vamos jogar normal o jogo. Nós não ganhamos absolutamente nada. Está tudo em aberto”, afirmou. Para conseguir a classificação, os Rubro-negros precisam vencer anotando pelo menos dois gols no Arruda. Caso o resultado seja repetido ao da Ilha do Retiro, a decisão vai para os pênaltis.

Veja também

Ainda de ressaca, Santa Cruz precisa juntar os cacos para começar a resolver pendências
Santa Cruz

Ainda de ressaca, Santa Cruz precisa juntar os cacos para começar a resolver pendências

Otimista, Hélio dos Anjos crê em ponto de corte menor contra o rebaixamento
Náutico

Otimista, Hélio dos Anjos crê em ponto de corte menor contra o rebaixamento