Treinador acredita que Náutico se impôs, apesar de derrota

No segundo jogo no comando alvirrubro, o treinador Márcio Goiano acredita que a equipe dominou as ações da partida, e que o resultado poderia ser outro

Foi o segundo jogo de Marcio Goiano no comando alvirrubroFoi o segundo jogo de Marcio Goiano no comando alvirrubro - Foto: Léo Lemos/ Náutico

No seu primeiro jogo comandando o Náutico fora de casa, Márcio Goiano viu seu time ter mais a posse de bola, porém, ser ineficiente e acabar derrotado novamente fora de casa. Dessa vez para o ABC, por 2x0. O resultado fez o Timbu voltar à lanterna da Série C do Campeonato Brasileiro e, cada vez mais, fazer com que o objetivo comece a ser a permanência na terceira divisão do futebol brasileiro e não o acesso.

Leia também:
Náutico perde para o ABC e volta para lanterna

"Nos impomos durante todos os 90 minutos. O primeiro gol do jogo sai em um contra-ataque, mas o erro foi nosso. Tivemos a posse de bola, o time não se desesperou depois de levar o gol, e continuou buscando o resultado. No segundo tempo tivemos oportunidades, nós tentamos, buscamos, mas infelizmente não conseguimos o resultado", lamentou o técnico Roberto Fernandes.

Ainda na primeira etapa, o Náutico teve um pênalti não marcado do goleiro Rodrigo em Robinho. Lance que poderia ter mudado completamente a história da partida.

"Na hora eu tive convicção que havia acontecido o pênalti, e com certeza mudaria todo o cenário da partida. A postura deles seria totalmente diferente. Nós empataríamos antes do intervalo e a paciência da torcida deles não seria a mesma. Infelizmente não podemos reclamar tanto", destacou o treinador.

A partida de próximo sábado (09) contra o Remo, marca o término do primeiro turno da Série C, e o Náutico precisa de um resultado positivo para sair não só da lanterna, como também da zona de rebaixamento da competição.

"A gente sabe a pressão que virá das arquibancadas na próxima partida. Acho que é hora de sermos inteligentes. Vamos analisar direito o que estamos fazendo de errado para caprichar, porque eu sei que cada vez mais estaremos próximos das vitórias", finalizou.

Veja também

Vacinação não elimina preocupações do COB a um mês da Olimpíada
Olimpíadas

Vacinação não elimina preocupações do COB a um mês da Olimpíada

Uefa rejeita iluminação com as cores do arco-íris em estádio de Munique para Alemanha x Hungria
Eurocopa

Uefa rejeita iluminação com as cores do arco-íris em estádio de Munique para Alemanha x Hungria