SANTA CRUZ

Treinador do Santa Cruz revela estratégia de "vaias artificiais" durante treino fechado; entenda

Clube teve semana de treinos fechados à imprensa, a partir da última terça-feira (27)

Itamar Schülle, atual técnico do Santa CruzItamar Schülle, atual técnico do Santa Cruz - Foto: Ricardo Fernandes/Folha de Pernambuco

Após a vitória em cima do Central por 1 a 0, o treinador do Santa Cruz, Itamar Schülle, revelou uma das estratégias montadas por ele para o jogo decisivo deste fim de semana.

Na última quinta-feira (29), por exemplo, o elenco treinou ao som de vaias reproduzidas pelo sistema de som do estádio quando um lance era errado, a fim de preparar os atletas, sobretudo os que têm menos experiência, para a atmosfera de um jogo de "casa cheia", como aconteceu neste sábado (2). O público do jogo divulgado pela Federação Pernambucana de Futebol (FPF) foi de 35.023 pessoas.

"E (o som) era alto. A gente planejou isso, porque era uma situação que iria acontecer no jogo, tal é a paixão e a intensidade do torcedor", justifica.

Desde a última terça-feira (27), a imprensa não pôde acompanhar treinos do clube. Nesse período, também não houve a realização de entrevistas coletivas.

Veja também

Torcida faz festa no Ibirapuera, mas Bia Haddad abre duelo com Alemanha com derrota
Tênis

Torcida faz festa no Ibirapuera, mas Bia Haddad abre duelo com Alemanha com derrota

CBF desmembra tabela e Náutico conhece datas e horários de oito primeiros jogos da Série C; confira
Náutico

CBF desmembra tabela e Náutico conhece datas e horários de oito primeiros jogos da Série C; confira

Newsletter