Tricolores satisfeitos com saldo positivo

Apesar da sensação de surpresa, o meia Thomás justificou o momento utilizando como exemplo a união do grupo.

O meio-campista Thomás diz que união favorece desempenho do grupo em campo  O meio-campista Thomás diz que união favorece desempenho do grupo em campo  - Foto: Divulgação

Dos sete jogos oficiais que o Santa Cruz teve pela frente, em 2017, nenhuma derrota foi acumulada. Ao todo foram quatro empates e três vitórias - com três clássicos sendo disputados no intervalo de tempo. De certa forma, devido ao que foi visto no final de 2016, além da grande reformulação que aconteceu no elenco para este ano, a atual fase chega a impressionar. Apesar da sensação de surpresa, o meia Thomás justificou o momento utilizando como exemplo a união do grupo.
“De certa forma, surpreende um pouco (a invencibilidade) porque a gente se juntou há pouco tempo. Praticamente todos os jogadores que chegaram aqui para iniciar os trabalhos são novos e vieram de vários outros clubes. Mas tem um coisa que venho frisando faz muito tempo: a gente se deu muito bem. Aqui dentro tem uma amizade muito grande fora do campo. E isso se reflete no jogo. Além do trabalho que a gente vem fazendo, trabalhando muito sério”, afirmou o jogador.
Por incrível que pareça, inclusive, o fato de o Santa Cruz estar invicto até o momento não tem sido tema de conversa entre os jogadores corais. E Thomás explica o porquê: “A gente não fala em invencibilidade. Pensamos no jogo a jogo. Temos no sábado um jogo importante pela Copa do Nordeste, depois vem outro. Invencibilidade, uma hora, vai ser quebrada, mas a gente tenta postergar isso. Pensando sempre no próximo adversário”.
O técnico Vinícius Eutrópio ganhou novas peças para o restante da temporada 2017. Os nomes dos atacantes Facundo Parra e Julio Cesar foram publicados, na tarde de ontem, no Boletim Informativo Diário da CBF. Assim, Julio está apto a jogar contra o Uniclinic, pela Copa do Nordeste, as 16h30 do próximo sábado, no Estádio Presidente Vargas, no Ceará. Parra, no entanto, está fora por conta de uma lesão na panturrilha.
Além de Facundo Parra, o Departamento Médico do Santa Cruz ainda conta com o meia Léo Costa e o volante Elicarlos. Segundo o médico do clube Wilton Bezerra, Léo está bem e foi poupado do jogo contra o Sport para ser preservado, por não se tratar de uma partida decisiva.
Já Elicarlos já não poderia jogar no fim de semana, devido ao terceiro cartão amarelo, e terá mais tempo de recuperação.“FacundoParra fez um exame de imagem no sábado e, teve uma lesão na panturrilha que, infelizmente, vai afastá-lo de 10 a 15 dias dos treinamentos”, disse o médico.

Veja também

Palmeiras goleia Corinthians e acaba com série invicta do rival
Campeonato Brasileiro

Palmeiras goleia Corinthians e acaba com série invicta do rival

Ingressos da Olimpíada viram dilema para familiares de atleta e grupo de fãs
Olimpíada

Ingressos da Olimpíada viram dilema para familiares de atleta e grupo de fãs