Turbilhão de emoções em verde e amarelo na Europa

Destaques do País vão da frustração com lesão de Marcelo à alegria com brilho de Neymar, Diego Costa e Boschilia

Diego Costa em ação com a camisa do Chelsea, de onde foi afastado por Antonio ConteDiego Costa em ação com a camisa do Chelsea, de onde foi afastado por Antonio Conte - Foto: Adrian Dennis/AFP

 

Vez ou outra os brasileiros voltam a dominar com intensidade o noticiário do futebol no Velho Continente. Com gols, boas atuações e destaques negativos, em algumas ocasiões. Neste fim de semana, os atletas nacionais que atuam na Europa viveram as três situações. Teve Diego Costa - brasileiro naturalizado espanhol - alcançando o topo da artilharia do Campeonato Inglês, o meia Boschilia, ex- São Paulo, brilhando com dois tentos em goleada do Monaco no Francês, Gabigol preterido mais uma vez por seu técnico, Stefano Pioli, Neymar pondo fim a jejum e jogador titular da Seleção Brasileira saindo contundido de campo.

Centro das atenções durante os últimos dias, Diego Costa voltou a ser destaque, desta vez de forma positiva. Após ser afastado do elenco do Chelsea por uma suposta briga com um preparador físico, o hispano-brasileiro foi reintegrado à equipe e brilhou, abrindo o placar para os Azuis nos acréscimos do primeiro tempo da vitória por 2x0 sobre Hull City. Com o triunfo, o time do Oeste de Londres abriu oito pontos de vantagem para o Arsenal, que fez o dever de casa, diante do Burnley, e aproveitou os tropeços de Tottenham (3º) e Liverpool (4º) para ultrapassá-los e assumir a vice-liderança. A outra menção do fim de semana vai para Gabriel Jesus, estreante do Manchester City. O ex-palmeirense entrou no segundo tempo, mas não conseguiu evitar o empte em 2x2 com o Tottenham, em casa.

No Espanhol, os brasileiros foram da frustração à alegria. A notícia negativa ficou por conta da lesão do lateral-esquerdo Marcelo, ontem, durante a vitória do líder Real Madrid diante do Málaga, por 2x1. Ainda no primeiro tempo do jogo, o atleta da Seleção Brasileira sentiu a coxa esquerda, deixou o campo com muitas dores e foi flagrado aparentemente chorando no banco de reservas. Segundo o diário Marca, o jogador deve ficar até um mês longe dos gramados.

Enquanto Marcelo chora, o seu companheiro de Seleção, Neymar, sorri. O astro deixou o dele em mais um triunfo barcelonista no Campeonato Espanhol, o 12º em 19 jogos disputados. Fora de casa, os catalães passearam diante do Eibar, com goleada de 4x0 - Denis Suárez, Lionel Messi, Luis Suárez também marcaram. A vitória manteve o Barcelona na 3ª posição, uma vez que o Sevilla (2º) bateu o Osasuna fora de casa por 4x3.

Alex Telles e o ex-corintiano Felipe (zagueiro), hoje no Porto, o atacante Jonas, do Benfica, além do ex-meia são paulino Boschilia, atualmente no Monaco, também fizeram a festa nos Campeonatos Português e Francês, respectivamente. O primeiro contribuiu com três assistências, enquanto o segundo anotou um gol na vitória do Dagrão (2º) contra o Rio Ave (9º). Jonas também deixou sua marca, de pênalti, na vitória das Águias (1º) anteo Ton­de­la, assim como o jovem Boschilia, autor de dois tentos do líder Monaco na goleada frente ao lanterna Lorient.

 

Veja também

Edina Alves será única juíza de campo do Brasil na Olimpíada de Tóquio
Futebol

Edina Alves será única juíza de campo do Brasil na Olimpíada de Tóquio

Seletiva olímpica credencia mais cinco nadadores para Olimpíada
Tóquio 2021

Seletiva olímpica credencia mais cinco nadadores para Olimpíada