Uninassau Basquete bate Blumenau/SC no returno da LBF e encosta na liderança

Equipe pernambucana passou com tranquilidade pelas adversárias e venceu por 81x66

Lance da partida entre Uninassau Basquete e Blumenau/SC Lance da partida entre Uninassau Basquete e Blumenau/SC  - Foto: Arthur de Souza/Folha de Pernambuco

Fazendo sua estreia no segundo turno da Liga de Basquete Feminino (LBF), a Uninassau recebeu o Blumenau Basquete/SC, na noite desta sexta-feira (10), às 20h (horário de Recife), no Centro Esportivo do Salesiano, pela rodada dupla da competição. Se o objetivo era corrigir os erros apresentados nas últimas partidas disputadas, a equipe pernambucana alcançou o feito com excelente atuação. Mesmo desfalcada pela ala Tati Pacheco, a Uninassau apresentou um jogo forte no sistema ofensivo e bateu as adversárias por 81x66.

Uninassau começou o confronto dominando o garrafão. Dona de 9 pontos na primeira etapa da partida, a armadora Ineides Casanova mostrou ser a referência na equipe da casa. Com cestas de três pontos e belas assistências para as alas, a cubana foi uma das principais responsáveis por parar o time de Santa Catarina, que apresentou muitas dificuldades na armação e não conseguiu impor um bom ritmo jogo. No final do primeiro quarto o placar confirmava a qualidade do ataque pernambucano: 22x14.

No segundo quarto a ala Raphaela Monteiro, que não vinha sendo escalada na equipe titular da Uninassau mostrou porque conquistou a titularidade. Com jogadas sólidas e bons arremessos, ela ajudou a equipe comandada pelo técnico Roberto Dornelas a administrar a vantagem. Apesar de estar à frente no placar, as anfitriãs perderam um pouco da concentração com a saída de Casanova. Nada comparado ao time de Santa Catarina, que não se encontrou em quadra. Jogando nas falhas das adversárias a Uninassau terminou a segunda etapa com 15 pontos de vantagem: 44x29.

Blumenau sentiu bastante a ausência da armadora Cacá, mas conseguiu ganhar fôlego no terceiro quarto diminuindo a diferença de pontos para o time catarinense. Porém, não foi suficiente para virar o placar. Mais uma vez a parceria entre Casanova e Monteiro fez a diferença no período. Protagonistas no certame, ambas contribuíram para o passeio do time recifense. Uninassau 64x48 Blumenau apontava o placar parcial.

Cestinha da partida com 18 pontos, a ala Monteiro confirmou a superioridade da equipe mandante, que se manteve firme nos arremessos e nos lances livres, e garantiu o triunfo com o placar expressivo de 81x66. Com uma campanha de 11 vitórias e 4 derrotas a Uninassau segue na segunda colocação da LBF, enquanto o Blumenau continua ocupando o 5º lugar na tabela, com apenas três vitórias em 11 jogos disputados. As equipes voltam a se enfrentar neste domingo (12), às 10h (horário de Recife), no mesmo local, pelo jogo de volta da rodada dupla do returno.

“Acho que no primeiro turno a gente vacilou muito, perdemos jogos que não poderíamos perder, mas começamos o segundo turno muito bem. Domingo é outro jogo, mas eu estou muito feliz com essa vitória de hoje” avaliou a pivô da Uninassau, Gil Justino.

Veja também

Kevyn testa positivo para Covid-19 e desfalca Náutico
Futebol

Kevyn testa positivo para Covid-19 e desfalca Náutico

Casagrande critica omissão da CBF e Bolsonaro: 'Governo da morte, não da vida'
Opinião

Casagrande critica omissão da CBF e Bolsonaro: 'Governo da morte, não da vida'