Esportes

Uninassau Basquete realiza último treino antes de enfrentar o Sampaio Corrêa

Equipe pernambucana embarca neste sábado para o Maranhão

PL 293/2019 visa reduzir os litígios administrativos e judiciais envolvendo o Poder Executivo pernambucano. PL 293/2019 visa reduzir os litígios administrativos e judiciais envolvendo o Poder Executivo pernambucano.  - Foto: Divulgação

Na véspera dos dois confrontos válidos pela segunda rodada da Liga de Basquete Feminino (LBF), as jogadoras do Uninassau Basquete realizaram na tarde desta sexta-feira (6), no Centro de Treinamento da equipe, no Salesiano, o último treino antes de embarcar para o Maranhão, onde enfrentam o Sampaio Corrêa, nas próximas segunda e quarta-feira.

Vindo de uma vitória e uma derrota para o Blumenau (SC), antes da pausa para as festas de final de ano, e com a volta das cubanas recém-contratadas, a capitã Ariadna, maior cestinha da história da LBF, e Casanova, líder de assistências na temporada passada pelo Maranhão, o time busca embalar no campeonato para alcançar uma boa classificação na tabela.

Sob o comando do técnico Roberto Dornelas, as atletas vêm realizando atividades táticas visando o duelo contra o atual campeão da competição. “A preparação delas é sempre de acordo com o adversário. Nós temos as estatísticas, as filmagens, procuramos adaptar os movimentos ofensivos e defensivos de acordo com as características das adversárias. Deu para fazer um bom trabalho essa semana”, afirmou Dornelas.

O treinador ressaltou ainda a dificuldade da equipe do Maranhão de montar elenco para 2017. “Eles montam a equipe em cima da hora, só que dessa vez eles contavam com alguns patrocinadores, que no final das contas não vieram efetivamente, mas já estão remontando. Já tem duas contratadas que vão jogar contra a gente, duas estrangeiras de boa qualidade, e nós vamos ter dificuldade lá. Eu acredito que a nossa equipe está pronta, é uma equipe nova, que dá um conceito de jogo diferente das outras temporadas. Estamos acreditando bastante nisso”.

Aos 37 anos de idade, com três participações em Olimpíadas e jogando em alto nível, a pivô Kelly comentou sobre a expectativa para a partida e o carinho que recebe da torcida maranhense após duas temporadas defendendo o Sampaio. “A equipe está crescendo cada vez mais, tem mostrado pra mim que sabe lidar com as adversidades. Considero o time super preparado para ir lá e conseguir as duas vitórias, mas temos que fazer o nosso trabalho dentro do sistema que Dornelas ordena, cada uma fazendo a sua função. Foi muito dolorido decidir sair do Maranhão, mas eu saí sabendo que as portas estavam abertas e que tinham pessoas maravilhosas lá. Foi um divisor de águas na minha carreira, as pessoas me incentivaram muito, mas as coisas foram acontecendo, eu fui me adaptando bem aqui e gosto muito de Recife. Tenho como objetivo me estabilizar aqui", disse.

Veja também

Luana Piovani e Maeve Jinkings criticam Neymar por projeto associado a privatização das praias
Polêmica

Luana Piovani e Maeve Jinkings criticam Neymar por projeto associado a privatização das praias

Barcelona anuncia Hansi Flick como novo treinador e oficializa a saída de Xavi
Futebol Internacional

Barcelona anuncia Hansi Flick como novo treinador e oficializa a saída de Xavi

Newsletter