Uninassau encara o Santo André nos playoffs por um lugar na decisão da LBF

A Uninassau faz a sua estreia nos playoffs semifinais nesta segunda-feira (10) à noite, contra o Santo André/SP, em São Paulo

Lance do jogo entre Uninassau Basquete e Santo AndréLance do jogo entre Uninassau Basquete e Santo André - Foto: Uninassau/Divulgação

As campanhas feitas no turno e returno já não contam mais na Liga de Basquete Feminino (LBF) 2016/2017. O certame entrou em uma nova etapa, na qual qualquer deslize pode ser crucial. Agora, é vencer ou vencer para poder levantar o título. A Uninassau faz a sua estreia nos playoffs semifinais nesta segunda-feira (10) à noite, contra o Santo André/SP, em São Paulo. O primeiro encontro é fora porque, como fez melhor campanha que as adversárias na primeira fase, a Uninassau tem o benefício de poder decidir a série em casa, inclusive se for necessário disputar o terceiro jogo.

O duelo desta segunda-feira (10) está marcado para as 18h15, com transmissão do canal à cabo SporTV, que, apesar de estar entre os parceiros do certame, não colocou partidas da primeira fase em sua grade de programação, diferente de temporadas anteriores. Os jogos dos playoffs, entretanto, serão todos televisionados. O segundo encontro acontecerá no Recife, sábado, às 10h. E, se for necessário, um terceiro confronto, o mesmo será também no Recife, às 21h do dia 17.

Embora defenda um nome estreante na Liga, a equipe pernambucana tem um elenco e, principalmente, uma comissão multidisciplinar tarimbada. Boa parte dos profissionais à frente do projeto ao qual pertence o time participou da campanha que levou o Sport a um título e um vice-campeonato e também vestiu a camisa esmeraldina na parceria Uninassau/América. Agora, esses profissionais buscam o primeiro título sob o nome unicamente de Uninassau.

Desde o início da atual temporada da LBF, o grupo é apontado como um dos favoritos a chegar à decisão. É o momento, agora, de confirmar o favoritismo. As comandadas do técnico Roberto Dornelas construíram a segunda melhor campanha da primeira fase, com 14 vitórias em 20 jogos. Encerraram o returno, inclusive, emendando quatro triunfos consecutivos.

O Santo André, por sua vez, quer agarrar com unhas e dentes a oportunidade de chegar à final. Na última edição da LBF, as paulistas acabaram eliminadas ao término da primeira fase. Dessa vez, com uma campanha de 10 vitórias em 20 jogos, o time chegou a brigar pela vice-liderança até a rodada final, quando sofreu duas derrotas justamente para a Uninassau. Na ocasião, entretanto, não jogou com o elenco completo.

“Enfrentar o Santo André, em São Paulo, é sempre uma partida difícil. Elas venceram um jogo contra a gente no primeiro turno, lá. Além de ser o tudo ou nada, porque se elas perderem em casa será mais difícil reverter no Recife. Temos de fazer o nosso melhor e não perder a concentração em nenhum momento”, frisou Dornelas, que não relacionou a pivô Gil, ainda se recuperando de lesão. “Foi uma lesão bem séria, preferimos evitar o desgaste. Caso a gente vença em São Paulo, ela também não jogará no Recife, exceto se formos para o terceiro jogo. Mas se perdermos, ela estará na segunda partida”, disse o treinador.

O vencedor desta série decidirá o título da LBF 2016/2017 com o vencedor dos embates entre Corinthians/Americana/SP e Sampaio Basquete/MA, que reeditam a final do ano passado, quando as maranhenses levantaram o troféu pela primeira vez. As paulistas sobraram na primeira fase da Liga, sofrendo apenas um revés, para a Uninassau, ainda no primeiro turno. Já o Sampaio, que teve o elenco montado em cima da hora e enfrentou dificuldades com entrosamento e volume de jogo nas primeiras partidas, conseguiu se recuperar e saiu da lanterna para a quarta posição.

Veja também

Primeiro evento-teste dos Jogos de Tóquio é adiado por dois meses
Olimpíadas

Primeiro evento-teste dos Jogos de Tóquio é adiado por dois meses

Morre ex-piloto de F1 espanhol Adrián Campos, descobridor de Fernando Alonso
Fórmula 1

Morre ex-piloto de F1 espanhol Adrián Campos, descobridor de Fernando Alonso