Uninassau recebe Sampaio no primeiro jogo da semifinal

A Uninassau, que ainda não venceu o Sampaio nesta temporada da LBF, entra em quadra às 20h, no Sesc de Santo Amaro

Time da Uninassau BasqueteTime da Uninassau Basquete - Foto: Paullo Allmeida/Folha de Pernambuco

Nesta terça-feira (8) tem clássico nordestino na Liga de Basquete Feminina. A Uninassau/Basquete/PE, única equipe pernambucana na competição, recebe o Sampaio Corrêa/MA, às 20h, no ginásio Wilson Campos, em Santo Amaro, para o primeiro jogo da série melhor de três válida pela semifinal.

Na fase regular, o time maranhense ficou na segunda colocação, enquanto as pernambucanas terminaram em terceiro. Nos dois confrontos anteriores, as comandadas do técnico Roberto Dornelas foram derrotadas: 87x73, no Castelinho, e 74 x 58, dentro de casa.

A Uninassau tem o segundo melhor ataque da competição com média de 70 pontos por jogo. Destaque para a pivô Gil, a ala Tássia e a armadora cubana Ineides Casanova, atletas que juntas chegam a 42 pontos por partida, sendo 14 de cada. Já o Sampaio tem a melhor defesa da competição, levando uma média de apenas 55 pontos por jogo.

Além disso, as maranhenses contam com um trio ofensivo de respeito, liderado pela armadora americana Brihanna Jackson, a pivô chilena Ziomara Esket Morrison Jara, e a ala Tatiane Pacheco. Esta última, já atuou em Pernambuco sob comando do técnico da Uninassau, Roberto Dornelas.

Leia Também:
Uninassau vence o Ituano e vai às semifinais da LBF
Uninassau recebe Funvic/Ituano por vaga na semifinal
Uninassau bate o Funvic/Ituano e segue viva na LBF
Uninassau faz duelo de vida ou morte na LBF

"O Sampaio é uma equipe, que tem uma rotação muito forte. Estamos planejando uma estratégia diferente já que não deu certo nos dois primeiros confrontos. Com isso, precisaremos sacrificar algumas atletas em seus minutos de quadra. Será um jogo bastante complicado. Temos que fazer bons contra-ataques e diminuir o ímpeto ofensivo delas", adiantou o técnico Roberto Dornelas.

Para este difícil confronto, a equipe pernambucana tem uma baixa importante. A ala pivô Carol Junqueira, que vem atuando 10 minutos por partida, está com conjuntivite e não poderá entrar em quadra. Sem ela, a tendência é que a veterana Gil, de 34 anos, tenha menos descanso. Como de costume, o treinador convocou a torcida pernambucana para apoiar o time. "Precisamos do apoio deles. Mais uma vez conseguimos colocar Pernambuco na semifinal da LBF, e queremos ir além. Espero um ginásio com um ótimo público, nos apoiando do início ao fim rumo à vitória", completou.

Serviço

 

Uninassau/Basquete/PE x Sampaio Corrêa/MA 
Local: ginásio Wilson Campos/Sesc de Santo Amaro
Horário: 20h
Ingressos: R$ 5 (meia-entrada) e R$ 10 (inteira), nas bilheterias do ginásio

Veja também

Argentina derrota Paraguai e assume ponta do Grupo A
Copa América

Argentina derrota Paraguai e assume ponta do Grupo A

Paraguai aposta na sua capacidade defensiva para surpreender na Copa América
Copa América

Paraguai aposta na sua capacidade defensiva para surpreender na Copa América