Uninassau vence Catanduva e se mantém no top 4 da LBF

Após um primeiro tempo de muito equilíbrio, time pernambucano deslanchou na reta final e venceu por 72x47

Ala Tássia é um dos destaques da Uninassau Basquete Ala Tássia é um dos destaques da Uninassau Basquete  - Foto: divulgação

Em mais uma excelente partida da ala Tássia, a Uninassau venceu o time de Catanduva/SP, por 72x47, neste domingo (25), no Sesc de Santo Amaro. A ala foi responsável por 22 pontos e 10 rebotes, além de ótimos 73,3% de aproveitamento geral na partida válida pelo returno da Liga de Basquete Feminino (LBF). “Acredito que todo o time tem crescido muito nos últimos jogos. Espero manter esta fase para juntas conquistarmos ainda mais vitórias para a Uninassau”, declarou o destaque do time pernambucano.

Quem também apareceu muito bem no jogo foi a pivô Maria Carolina, com 11 pontos. Uma apresentação que ela estava buscando com muito trabalho desde o início da temporada. “Essa vitória foi muito importante. O time estava oscilando bastante. Estou muito feliz pela minha atuação, tive mais oportunidade de mostrar meu trabalho e poder contribuir com a equipe”, disse a pivô, campeã da LBF CAIXA na temporada passada pelo Corinthians.

“A atuação de Tássia foi muito boa e até certo ponto esperada devido aos últimos jogos e à fase dela que realmente é muito boa. O importante também é que outras atletas estão crescendo, como as pivôs Gabriela e Maria Carolina e a armadora Ana Thaís. Quanto mais atletas em boas condições e em boa fase, melhor”, afirmou o técnico Roberto Dornelas.

A vitória mantém a equipe da Uninassau na cola do Santo André/SP, com a mesma campanha das paulistas, mas atrás pelo confronto direto. Foi 12ª derrota do time catanduvense, que ainda não sabe o que é vencer em 2018.

Jogo
A Uninassau começou o jogo com tudo. Mesmo tendo ficado um tempo atrás do placar, teve calma suficiente para trabalhar a bola, não se afobar e virar o placar no primeiro quarto, vencido por 19x15. No segundo período, mais uma vitória apertada, por um ponto, em 15x14. Os dois times foram para os vestiários com o placar de 34x29.

Na volta do intervalo, as equipes tiveram comportamentos opostos. Enquanto a Uninassau impôs velocidade ao jogo, além de mostrar precisão nas finalizações, Catanduva parecia ter permanecido nos vestiários. Tanto que o terceiro quarto foi vencido pelas pernambucanas por 18x9 e o último por 20x9.

Leia também:
Em jogo acirrado, Uninassau vence Venceslau por 86x83
Com Janeth, LBF nas Escolas visita alunos do Recife
Jovem e imprevisível, eis a Uninassau na LBF

Agora, o time da Uninassau ter esta semana para se preparar para o próximo confronto, contra o Sampaio Correia/MA, no domingo (1º), às 15h, novamente no Ginásio Wilson Campos, no Sesc Santo Amaro. Os ingressos para o jogo já começaram a ser vendidos pelo valor de R$ 10 (inteira) e R$ 5 (meia), no Centro de Treinamento Rd Sports, no Colégio Salesiano.

Veja também

GPs fora de época fazem F1 se adaptar a frio incomum
Automobilismo

GPs fora de época fazem F1 se adaptar a frio incomum

Federação francesa paralisa torneios após lockdown; liga nacional segue
Coronavírus

Federação francesa paralisa torneios após lockdown; liga nacional segue