Uninassau vence o Ituano e vai às semifinais da LBF

No terceiro confronto das quartas, a Uninassau fez 71x62 e, agora, enfrenta o Sampaio Corrêa/MA por vaga na final

Lance de Uninassau x Ituano, pela LBFLance de Uninassau x Ituano, pela LBF - Foto: Paullo Allmeida/Folha de Pernambuco

Após dois encontros com uma vitória para cada lado, Uninassau Basquete/PE e Funvic/Ituano/SP se enfrentaram novamente na noite desta quinta-feira (3), no ginásio do Sesc de Santo Amaro, na derradeira partida da série melhor de três das quartas de final da Liga de Basquete Feminino (LBF) 2018. As donas da casa, embora tenham demorado um pouco para encaixar o jogo, deslancharam na metade final do confronto e venceram por 71x62 , garantindo a última vaga entre os semifinalistas do certame.

A cestinha da partida foi a armadora cubana Ineidis Casanova, da Uninassau, com 20 pontos em uma das suas melhores atuações na temporada. Também se destacaram na equipe a pivô Gil, a ala Tássia e a jovem ala/pivô Gabriela. Pelo lado do Ituano, a experiente pivô Kelly, que fez um duplo-duplo com 19 pontos e 11 rebotes. "A gente treinou bastante para buscar essa vitória e que bom que conseguimos colocar nosso trabalho em quadra", disse Gabriela. "Fizemos um trabalho forte para nos mantermos focadas do início ao fim porque sabíamos que seria uma partida equilibrada", destacou Casanova.

Leia também:
Uninassau bate o Funvic/Ituano e segue viva na LBF
Equipe da Uninassau entra renovada para a disputa da LBF

Agora, a Uninassau disputará uma vaga na decisão com o Sampaio Corrêa/MA, no chamado clássico nordestino da Liga. Como o Sampaio fez melhor campanha na primeira fase do certame, o primeiro encontro será no Recife, no próximo dia 8 (ainda com horário a confirmar), e o segundo e, se necessário, terceiro jogos acontecerão no mando de quadra maranhense. A outra semi será entre Vera Cruz/Campinas/SP e Blumenau/SC.

"Considero o Sampaio o time de melhor plantel da Liga, com a possibilidade de rodar bastante em quadra, é muito qualificado. Mas é isso, chegamos de novo na reta final e vamos fazer o nosso melhor para passar. Pernambuco colocou novamente um time entre os quatro melhores da Liga. Espero ver o ginásio cheio contra o Sampaio", disse o técnico Roberto Dornelas, da Uninassau.

Jogo
Embora tenha feito um primeiro quarto irregular, as donas da casa não deixaram o time paulista tomar conta do jogo. Com alguns ajustes, o técnico Roberto Dornelas conseguiu fazer a Uninassau crescer na partida a partir da segunda parcial, quando mexeu no sistema defensivo e viu a equipe corresponder em quadra, indo para o intervalo com uma vantagem de cinco pontos no placar (39x34).

Na volta para o terceiro quarto, a Uninassau manteve a marcação forte e, com isso, conseguiu roubadas de bola providenciais, que proporcionaram contra-ataques rápidos. Assim, não demorou para abrir vantagem no marcador. Solta em quadra, Casanova comandou o elenco que, mesmo com a diferença larga e a postura fragilizada do Ituano, não diminuiu o ritmo até o final.


Veja também

Com Louzer de olho, Sport visita Sete de Setembro, pelo Estadual
Campeonato Pernambucano

Com Louzer de olho, Sport visita Sete de Setembro, pelo Estadual

Com VAR, Clássico das Multidões será marcado por encontro entre opostos
Campeonato Pernambucano

Com VAR, Clássico das Multidões será marcado por encontro entre opostos