A-A+

Uninassau/Cabo perde para SESI Araraquara

Leila (19 pontos, 2 rebotes, 2 bolas roubadas e 13 de eficiência) foi o destaque ofensivo da equipe pernambucana

Uninassau perdeu para o SESIUninassau perdeu para o SESI - Foto: Robson Neves/Divulgação

Em jogo emocionante, definido no último período, a Uninassau/Cabo de Santo Agostinho perdeu para o SESI Araraquara, neste domingo, por 50 a 56. Leila (19 pontos, 2 rebotes, 2 bolas roubadas e 13 de eficiência) foi o destaque ofensivo da equipe pernambucana, enquanto Chirinda (6 pts, 7 rbts, 4 assistências, 3 bolas roubadas, 4 tocos e 11 de eficiência) foi o destaque defensivo. Nesta quinta-feira (09), a Uninassau volta a jogar contra o LSB/ Sodiê Doces, no Rio de Janeiro, pela primeira rodada do returno da LBF CAIXA 2019.

A Uninassau/Cabo de Santo Agostinho entrou em quadra contra o SESI Araquarara desfalcado do destaque da equipe Ronni Williams, com uma entorse grave após um choque com Ariadna, na partida contra o Vera Cruz Campinas. Williams deu espaço para Thaíssa, formando o quinteto titular com Casanova, Leila, Chirinda e Fabi.

A equipe pernambucana sentiu a falta de Williams, perdendo o primeiro placar com excelente atuação de Silvinha, com 9 de 9 pontos tentados. A equipe do interior paulista conseguiu manter o bom ritmo em quadra no decorrer do segundo período e foi para o vestiário vencendo por 33 a 22.

No retorno do intervalo, as equipes se equipararam no placar, mas foi no último período de jogo que a partida se decidiu. A Uninassau tomou a frente, com grande ascensão da ala Leila, fazendo 9 pontos, mas no último minuto Débora fez uma bandeja, virando a partida. Aline Moura e Maíra Horford contribuíram com quatro lances livres convertidos, colocando a equipe 6 pontos no placar.

Leia também:
Em casa, Uninassau perde para líder da LBF
Uninassau/Cabo enfrenta líder da LBF nesta sexta

Veja também

A incompetência na Ilha do Retiro extrapolou os limites do absurdo. Pra mim, o Sport já caiu
Que Golaço!

A incompetência na Ilha do Retiro extrapolou os limites do absurdo. Pra mim, o Sport já caiu

Brasil disputa Copa do Mundo por equipes de tênis em cadeira de rodas
Tênis

Brasil disputa Copa do Mundo por equipes de tênis em cadeira de rodas