United empata com Valencia em casa pela Champions

Há exatamente uma semana, o Manchester foi eliminado da Copa da Liga Inglesa pelo modesto Derby County

Valencia conseguiu empate com UnitedValencia conseguiu empate com United - Foto: EFE/NIGEL RODDIS

O Manchester United completou nesta quarta-feira uma sequência de oito dias de resultados ruins por três competições diferentes ao empatar com o Valencia em 0x0 em pleno Old Trafford, em partida válida pela segunda rodada do grupo H da Liga dos Campeões.

Há exatamente uma semana, o time vermelho de Manchester foi eliminado da Copa da Liga Inglesa pelo modesto Derby County, da segunda divisão nacional. Três dias depois, foi ao Estádio Olímpico de Londres, pelo Campeonato Inglês, e perdeu para o West Ham por 3x1, com direito a gol de letra do meia brasileiro Felipe Anderson.

Para aumentar a pressão em cima do técnico José Mourinho, que, além de tudo vem em rusgas com um dos principais jogadores do time, o meia Pogba, o time não conseguiu a vitória em casa pela Champions. Com isso, é o segundo colocado da chave, com quatro pontos, atrás da Juventus, que mais cedo derrotou o Young Boys por 3 a 0 em Turim e foi a seis. O Valencia aparece em terceiro lugar, com um ponto, enquanto a equipe suíça ainda não pontuou e segura a lanterna.

Na terceira rodada, marcada para o dia 23 deste mês, os 'Diabos Vermelhos voltarão a jogar diante de sua torcida, mas contra a Juve. Valencia e Young Boys medirão forças em Berna, na busca pelo primeiro triunfo.

O time visitante entrou em campo com dois brasileiros, o goleiro Neto e o zagueiro Gabriel Paulista. O técnico Marcelo García Toral também escalou o atacante Rodrigo, nascido no Rio de Janeiro, mas que defende a seleção espanhola.

No United, José Mourinho deixou o volante Fred no banco, enquanto o meia Andreas Pereira, que na temporada passada defendeu o Valencia, não foi sequer relacionado.

A partida começou com pouco mais de cinco minutos de atraso, algo incomum na Liga dos Campeões. As duas delegações tiveram dificuldade para entrar no Old Trafford devido a um engarrafamento nos arredores do estádio.

Logo no começo do confronto, aos seis minutos, os 'Diabos Vermelhos' reclamaram de pênalti por toque de braço de Piccini depois de cruzamento de Rashford, mas o esloveno Slavko Vincic considerou que o corte foi legal.

Os donos da casa ficavam mais com a bola, mas o primeiro susto foi dado pelos visitantes. Aos 11 minutos, Rodrigo preparou, Gonçalo Guedes bateu e De Gea encaixou. Na sequência, aos 14, o United respondeu com Rashford, que concluiu rente à trave direita.

Leia também:
Shearer alfineta Pogba: "Não amarra as chuteiras das lendas do United"
Real, Juventus, City, United e Bayern em ação nesta terça 

Apesar do domínio, o tricampeão continental não conseguia entrar na área do Valencia. A solução então foi arriscar de fora, o que foi feito aos 25 por Rashford. Bem posicionado, Neto defendeu firme.

Bem posicionado defensivamente, o time espanhol tinha dificuldade para sair para o ataque, mas encaixou um contra-ataque aos 33 minutos. Batshuayi lançou Gonçalo Guedes, que cortou da esquerda para o meio e arriscou, mas foi bloqueado pela defesa. O português fez jogada parecida aos 45, mas agora da entrada da área e com mais efeito na bola, e mandou rente à trave.

Guedes não desistia e voltou a chutar a gol aos três minutos da etapa final, da entrada da área. O camisa 7 buscou o ângulo, mas não calibrou bem a mira e errou por muito.

Depois da sequência de tentativas do português do Valencia, quem levou perigo duas vezes seguidas foi Pogba, pelo United. Aos sete minutos, o francês pegou sobra de cruzamento de Rashford e encheu o pé, mas a bola desviou em Garay e saiu. Aos 16, ele cobrou falta e obrigou Neto a se esticar todo para cortar.

O jogo era lá e cá, e aos 21 foi o Valencia quem quase marcou, desta vez com Batshuayi. Piccini cruzou, Rodrigo preparou e o belga encobriu o travessão por pouco.

Na resposta dos 'Diabos Vermelhos', aos 25, Lukaku foi lançado por Pogba e bateu para grande defesa de Neto. Quatro minutos depois, o centroavante ganhou na trombada, mas o goleiro brasileiro saiu bem para o abafa e impediu que o placar fosse aberto.

Nenhum dos times se mostrava satisfeito com o 0 a 0, mas a bola teimava em não entrar. Aos 38, depois de escanteio da direita para o Valencia, Kondogbia desviou e Fellaini salvou na pequena área. E na descida do United para o ataque, Rashford teve falta para bater na ponta esquerda, arriscou direto para o gol e acertou o travessão.

Num último suspiro, na base do abafa, a equipe anfitriã ainda incomodou Neto aos 47. Após bate-rebate, Fellaini tentou dar um bico para o meio, mas a bola desviou na defesa, cruzou a área e saiu.

Veja também

Brasil sofre primeira derrota, mas avança no Mundial de Handebol
Handebol

Brasil sofre primeira derrota, mas avança no Mundial

Juíza acata pedido e Jonatan Gómez tem vínculo encerrado com o Sport
Sport

Juíza acata pedido e Jonatan Gómez tem vínculo encerrado com o Sport