Vale o acesso! Náutico recebe o Paysandu, nos Aflitos

Quem vencer garante vaga na Série B do ano que vem. Se o jogo terminar empatado, a decisão será nos pênaltis

Lance de Paysandu x NáuticoLance de Paysandu x Náutico - Foto: Leo Lemos/CNC

Há pouco mais de um ano, o Náutico sentia a frustração de ver seu maior objetivo da temporada ruir diante dos seus olhos e de sua torcida. O empate em 1x1 com o Bragantino, na Arena de Pernambuco, nas quartas de final da Série C 2019, selou a indigesta permanência do clube na terceira divisão. Depois da fase de luto, restou ao Alvirrubro ligar o “reset”. Recomeçar o ciclo. Veio uma nova edição, classificação, liderança na primeira fase e, enfim, o aguardado mata-mata. Hoje, às 18h, o Timbu recebe o Paysandu, nos Aflitos. Desta vez, os pernambucanos querem apertar o “f5” para atualizar o status e comemorar o sonhado acesso à Série B. O jogo será transmitido pela DAZN.

Com o empate em 0x0 no jogo de ida, no Mangueirão, o Náutico precisa de uma vitória simples para subir de divisão e chegar até as semifinais. Um novo resultado de igualdade levará a decisão para as penalidades - não há critério de gol qualificado (fora de casa) na Série C. O histórico recente do clube no quesito é preocupante. Em 2019, foram duas decisões dessa forma, com dois resultados negativos. Primeiro, na final do Campeonato Pernambucano, contra o Sport, na Ilha do Retiro. O Timbu venceu por 2x1, mas, como havia perdido na ida, nos Aflitos, por 1x0, teve que decidir o título na marca dos 11 metros. O Leão levou a melhor e faturou a taça. Depois, o insucesso foi na Copa do Brasil, ante o Santa Cruz, no Arruda. Empate em 1x1 no tempo normal e eliminação nos pênaltis.

Para o confronto, o Náutico deve ter duas novidades. Recuperado de dores na panturrilha direita, Rafael Oliveira retorna ao ataque, na vaga de Wallace Pernambucano. No meio-campo, o técnico Gilmar Dal Pozzo deu a entender que deve acionar Jean Carlos no lugar de Matheus Carvalho. “Jean possui uma característica única no plantel. Tem qualidade de passe, ótima finalização de média e longa distância, além da bola parada”, explicou.

Leia também:
Saiba onde assistir Náutico x Paysandu
Conheça mais sobre o "Mister N", torcedor símbolo do Náutico


Paysandu

Melhor visitante da Série C 2019, o Paysandu quer fazer jus ao bom retrospecto fora de casa para, assim como nos anos de 2012 e 2014, conseguir o acesso à Série B com um triunfo longe de Belém. Para o confronto, o técnico Hélio dos Anjos só confirmou uma mudança no time titular. Após cumprir suspensão no jogo de ida, no Mangueirão, Micael volta à defesa. Recuperando-se de um problema muscular, o zagueiro Perema é dúvida. Já o substituto do volante Léo Baiano, suspenso, continua um mistério.

Hélio dos Anjos conhece bem o Náutico. Foi ele quem comandou o clube justamente no último acesso definido nos Aflitos, em 2006, no jogo contra o Ituano. Mesmo sabendo da força das arquibancadas, o treinador acredita que a maior preocupação não está na torcida, mas sim no elenco alvirrubro. “Todo mundo está falando do ‘caldeirão’ dos Aflitos. Devem ter 16 mil pessoas lá, só que a acústica faz parecer que tem 40 mil. Mas o torcedor não entra em campo e nós precisamos nos preocupar mais com a qualidade do time deles”, apontou.

No histórico de confrontos entre os clubes, o Náutico leva a melhor. São oito vitórias do Timbu, seis empates e seis derrotas. Em jogos nos Aflitos, a vantagem dos pernambucanos é ainda maior. Das nove partidas realizadas no Recife, o Alvirrubro venceu seis, empatou três e perdeu apenas uma vez.

Ficha técnica

Náutico

Jefferson; Hereda, Camutanga, Diego Silva e Willian Simões; Josa, Jiménez e Jean Carlos (Matheus Carvalho); Álvaro, Thiago e Rafael Oliveira (Wallace Pernambucano). Técnico: Gilmar Dal Pozzo

Paysandu

Mota; Tony, Micael, Perema (Victor Oliveira) e Bruno Collaço; Anderson Uchoa, Diego e Tomas Bastos; Nicolas, Vinicius e Hygor. Técnico: Hélio dos Anjos

Local: Aflitos (Recife/PE)
Horário: 18h
Árbitro: Leandro Pedro Vuaden (RS). Assistentes: Leirson Peng Martins e Lucio Beiersdorf Flor (ambos do RS)
Transmissão: DAZN

Veja também

Ministério Público vai recomendar suspensão do futebol no Brasil
Futebol

Ministério Público vai recomendar suspensão do futebol no Brasil

De volta ao Náutico, Luiz Henrique lamenta poucas oportunidades em Portugal
Futebol

De volta ao Náutico, Luiz Henrique lamenta poucas oportunidades em Portugal