Sport

'Vamos estar em casa, medo nenhum', fala Thiago Neves sobre embate com o Flamengo

Enquanto o Leão vem de boa vitória sobre o Bahia, o time do Rio de Janeiro ganhou do Grêmio, no Sul, por 4x2

Thiago NevesThiago Neves - Foto: Anderson Stevens / Sport

A vitória do Bahia sobre o Corinthians, na última quinta-feira (28), fez com que o Sport voltasse a somar a mesma pontuação do primeiro time que abre a zona de rebaixamento - o Fortaleza -, com 35 pontos. Fato que eleva ainda mais a importância de um resultado positivo na segunda-feira (1), diante do vice-líder Flamengo, em duelo válido pela 33ª rodada, na Ilha do Retiro, às 20h. 

Com as duas equipes chegando embaladas pelos bons resultados recentes, o meia Thiago Neves acredita que assim como deve haver o respeito por parte dos pernambucanos pelo time comandado por Rogério Ceni, do outro lado não será diferente, apesar da distância entre ambos na tabela. Na quinta-feira, a equipe do Rio de Janeiro bateu o Grêmio, em Porto Alegre, por 4x2. 

"O espírito é de final, outra pedreira. Mas pode ter certeza que o Flamengo também está preocupado. Vai jogar aqui na Ilha, está certo que não vai ter torcida, mas aqui o clima é diferente do Rio, o campo é diferente. Vamos estar na nossa casa, então temos que nos impor. É jogo de time grande, não há medo nenhum, mas respeito nós vamos ter, assim como eles terão com o Sport pela frente", falou o camisa 30.

Responsável direto pelas quatro últimas vitórias do Sport na competição, o meia de 35 anos é também o artilheiro do time no Brasileiro. Ao lado de Maidana, Thiago Neves tem cinco gols anotados, sendo um dos principais destaques do time até aqui. Experiente e com passagens por gigantes do futebol brasileiro, o jogador ressaltou a grandeza do Rubro-negro para salientar que, mesmo com as perdas de atletas, não enxerga o clube caindo para a Série B.    

"Eu acho que os times grandes do futebol brasileiro têm que estar na Série A, e o Sport tem que estar. Não vejo o Sport jogando Série B ou Série C. Essas coisas são para times pequenos. Time grande é para ficar na A, estamos lutando para isso. Muitas coisas aconteceram, alguns jogadores saíram, mas vamos lutar para ficar. Volto a repetir, time grande é para estar na Série A e o Sport vai ficar na Série A", ressaltou. 

Veja também

Com folga, Brasil vence Quênia no vôlei feminino e garante primeiro lugar no Grupo A
Jogos Olímpicos

Com folga, Brasil vence Quênia no vôlei feminino e garante primeiro lugar no Grupo A

'O Brasil te ama', afirma Galvão Bueno, que se emociona com Rebeca Andrade
Jogos Olímpicos

'O Brasil te ama', afirma Galvão Bueno, que se emociona com Rebeca Andrade