Vencedores da 28ª edição da Refeno são premiados

Embarcações foram premiadas em 15 categorias

Raquel Lyra em campanha no município de CaruaruRaquel Lyra em campanha no município de Caruaru - Foto: Roberto Pereira Jr. /Divulgação

Festa de premiação acontece no Museu do Tubarão, no Arquipélago de Fernando de Noronha

Depois do esforço feito para percorrer as 298 milhas náuticas - 545 quilômetros - que separam a capital pernambucana do Arquipélago de Fernando de Noronha, os tripulantes das 50 embarcações que concluíram a 28ª Refeno tiveram um momento de descontração, durante a cerimônia de premiação, no Museu do Tubarão, na noite desta quarta-feira (28).

O comodoro do Cabanga Iate Clube, Jaime Monteiro Jr., destacou o sucesso da regata. “A Refeno é a festa da vela brasileira, o Grand Slam brasileiro da modalidade, mas, sobretudo, é um momento de confraternização”, disse. “As condições de clima e de mar também foram excepcionais”, disse.

As embarcações foram premiadas em 15 categorias - multicascos (Aberta Multicasco A, Aberta Multicasco B, Multicasco A, Multicasco B e Mocra), monocasco (RGS, RGS A e RGS B, ORC, Aberta A, Aberta B, Bico-de-Proa, Aço e Turismo. O Fita Azul da prova foi o veleiro Camiranga, tricampeão da prova com um tempo de 19h56min40s. A lista com a classificação completa você confere no portal FolhaPE.

Alem disso, também foram concedidos prêmios comemorativos em cinco categorias - embarcação com maior média de idade, embarcação com mais mulheres, velejador mais jovem, velejador mais velho, troféu fair play, prêmio tartaruga marinha e o troféu imprensa.

Veja também

Bottas supera Hamilton e é pole position em GP em Imola
F1

Bottas supera Hamilton e é pole position em GP em Imola

Mundial de LoL 2020: DAMWON bate Suning e conquista o título
Esports

Mundial de LoL 2020: DAMWON bate Suning e conquista o título