Vettel domina GP do Canadá e fatura 50ª vitória

A F-1 retorna daqui a duas semanas. O próximo compromisso será no dia 24 de junho, com o Grande Prêmio da França

Sebastian Vettel comemorou bastante a vitória no GP do BahreinSebastian Vettel comemorou bastante a vitória no GP do Bahrein - Foto: Andrej Isakovic/AFP

O fim de semana no Canadá foi de Sebastian Vettel. Após quebrar um jejum de 17 anos sem pole position da Ferrari em Montreal, o piloto alemão venceu o GP deste domingo (10) e chegou à sua 50ª vitória na F-1. Foi a primeira vez desde Michael Schumacher em 2004 que um piloto da escuderia italiana terminou na primeira colocação no circuito canadense. Valtteri Bottas e Max Verstappen completaram o pódio.

Com a vitória, Vettel assumiu a liderança do campeoanto e se reafirmou com um dos candidatos ao título desta temporada. O alemão subiu para 121 pontos - um à frente de Lewis Hamilton, que terminou a corrida na quinta posição.

A F-1 retorna daqui a duas semanas. O próximo compromisso será no dia 24 de junho, com o Grande Prêmio da França.

Depois de conquistar a pole position, Vettel manteve o ritmo na corrida deste domingo. O alemão largou bem e não deu chance para Bottas e Verstappen, que travaram disputa acirrada pela segunda colocação logo na primeira curva.

Nem mesmo o safety car, que precisou entrar em ação na primeira volta após acidente entre Lance Stroll e Brendon Hartley, atrapalhou a corrida do piloto da Ferrari. Ele manteve boa distância de Bottas e teve tranquilidade até para retornar na liderança após parada nos boxes.

Essa foi o terceiro triunfo do alemão nesta temporada. Ele havia vencido nas duas primeiras corridas do ano, na Austrália e Bahrein.

O canadense Lance Stroll quase não teve a oportunidade de sentir o gosto de correr em casa. Logo na primeira volta, o piloto da Williams se envolveu em acidente ao tentar ultrapassar o neozelandês Brendon Hartley, da Toro Rosso, e ambos deixaram o GP. Os pilotos não se feriram.

Por conta do choque, o safety car precisou entrar em ação até a volta cinco. Na relargada, Sainz e Pérez se tocaram, o mexicano saiu da pista e por muito pouco não atingiu outros pilotos no retorno.

Fernando Alonso atingiu uma marca de respeito na corrida deste domingo. O piloto da McLaren chegou ao 300º GP na F-1. O espanhol estreou na categoria em 2001 e é apenas o quarto piloto a alcançar a marca - à frente dele somente Michael Schumacher (308), Jenson Button (309) e Rubens Barrichello (326).

Apesar disso, o piloto não conseguiu ter um bom fim de semana no Canadá. Ele precisou abandonar a corrida na volta 43 por conta de um problema no escapamento.

Os fãs de F-1que se queixaram da falta de emoção no último GP, em Mônaco, ainda não tiveram uma resposta à altura. Isso porque, com exceção da briga entre Bottas e Verstappen na largada e as poucas ameaças de Hamilton a Ricciardo, quase não se viu disputas neste domingo. Com Vettel dominando de ponta a ponta, os pilotos do primeiro pelotão praticamente mantiveram as posições do grid de largada.

Veja também

Algoz de Vasco e Bahia, Defensa y Justicia conquista Copa Sul-Americana
Futebol

Algoz de Vasco e Bahia, Defensa y Justicia conquista Copa Sul-Americana

Confira a vitória do Flamengo sobre o São Paulo por 79 a 71 na final da Copa Super 8
Basquete

Confira a vitória do Flamengo sobre o São Paulo por 79 a 71 na final da Copa Super 8