Fórmula 1

Vettel tem futuro incerto na F1, mas nega deixar Ferrari em 2020

Com um 10º lugar no GP da Áustria e um abandono no GP da Estíria, após ter a asa traseira quebrada pelo companheiro Charles Leclerc, o piloto começou mal a temporada

Sebastian Vettel, piloto da FerrariSebastian Vettel, piloto da Ferrari - Foto: BEHROUZ MEHRI / AFP

Sebastian Vettel, piloto da Ferrari, não teve seu contrato renovado para a temporada de 2021. Na equipe italiana desde 2015, chegou com o status de tetracampeão pela Red Bull, mas não conseguiu angariar voos mais altos por Maranello. O alemão está sendo muito criticado pelo péssimo começo de temporada. Com um 10º lugar no GP da Áustria e um abandono no GP da Estíria, após ter a asa traseira quebrada pelo companheiro Charles Leclerc, o piloto nega abandonar a escuderia na atual temporada e diz ainda ter muito a provar.

"Não, não vou fugir. Acho que tenho algo a provar, principalmente para mim mesmo, é para isso que estou aqui. Muitas pessoas da equipe me deram muito nos últimos anos. E, por respeito, quero devolver esse apoio e levá-lo a um final digno. Portanto, não estou pensando em partir", afirmou Vettel em nota ao portal Racefans.

Vettel também deixa o futuro em aberto, mas nega que irá correr apenas por esporte ou por dinheiro, afirmando que esse nunca foi o objetivo na categoria: "Obviamente meu futuro nesta etapa está em aberto. Tudo é possível. Se aparecer a oportunidade correta, então, me mostrarei muito interessado. Se não, então certamente não sou o tipo de pessoa que fica apenas para participar ou correr por dinheiro. Acho que essa nunca foi minha intenção."

 



O tetracampeão já foi cogitado na Renault, mas a vaga foi ocupada pelo espanhol Fernando Alonso, que retorna à F1. Assim, suas opções estão cada vez mais restritas. Com as portas fechadas pela Red Bull e Racing Point, seu futuro na categoria é incerto.

"Eu posso ficar na Fórmula 1, fazer uma pausa ou parar de fumar. 'O que eu vou fazer' é uma ótima pergunta, que eu também estou me perguntando. Até agora não conheci outra coisa na vida. Correr é minha vida. Todo resto está fora do meu alcance, e certamente, estamos passando por um período complicado. Mas, estou preparado para o desafio e suficientemente forte para superar isso também."

Veja também

Schülle justifica mudanças e avalia ausência de vantagens na grande final
Campeonato Pernambucano

Schülle justifica mudanças e avalia ausência de vantagens na grande final

Salgueiro e Santa Cruz empatam no primeiro jogo da final do Pernambucano
Campeonato Pernambucano

Salgueiro e Santa Cruz empatam no primeiro jogo da final do Pernambucano