[Vídeo] Em partida emocionante, Brasil vence Grécia no Mundial

Em melhor jogo da Copa do Mundo, uma das favoritas ao título sucumbiu ante a seleção e deu moral aos brasileiros

Bruno Caboclo foi um dos responsáveis por marcar AntetokounmpoBruno Caboclo foi um dos responsáveis por marcar Antetokounmpo - Foto: WANG ZHAO / AFP

Com uma defesa espetacular e um ataque que encaixou no segundo tempo, a seleção brasileira bateu uma das candidatas ao título, Grécia, por 79x78 e garantiu a classificação do Brasil para a segunda fase da Copa do Mundo de basquete. A partida foi uma da melhores de nível técnico e emocional do mundial e teve Anderson Varejão como grande destaque da partida e acumulou 22 pontos e nove rebotes.

A marcação prometida por Petrovic para anular Antetokounmpo, aconteceu. O MVP da temporada regular da NBA saiu do primeiro tempo com apenas seis pontos feitos. No entanto, para fechar o garrafão e impedir os chutes do perímetro, a seleção teve que deixar espaço para as bolas de três. Dessa forma, Printezis e Calathes aproveitaram e empilharam seis chutes de fora. Assim, a Grécia foi abrindo vantagem e em uma pane do Brasil ficou com 17 pontos à frente.

A volta de Anderson Varejão e Alex para quadra equilibrou a defesa brasileira e a entrada de Marquinhos melhorou a parte ofensiva indo ao intervalo com 10 pontos de vantagem para os gregos.

Leia também:
Brasil encara Grécia, que tem o atual MVP da NBA
Brasil estreia com vitória no Mundial de basquete
Brasil chega afinado para o Mundial de basquete


O início do terceiro período foi tudo o que a seleção brasileira precisava. A defesa se fortaleceu e gerou dois erros dos gregos, que consequentemente foram aproveitados para seis pontos em sequência para o Brasil. Essa agressividade obrigou a Grécia a pedir tempo técnico. Mesmo após a parada, o ritmo continuou forte e a seleção brasileira chegou a abrir uma parcial de 17x4, em pouco mais de cinco minutos. Anderson Varejão foi o principal jogador do terceiro quarto e conseguiu mandar na partida com seu jogo no poste baixo.

O último período foi de muita emoção e um grande nível de basquetebol. Até o minuto final o Brasil foi permanecendo na frente do placar, até que Rafa Luz cometeu uma falta antidesportiva e foi expulso pelo acúmulo de cinco faltas. Nesta altura o cronômetro marcava menos de 40 segundos e a vantagem brasileira era de cinco pontos. Na sequência a Grécia marcou cinco pontos consecutivos e a partida ficou empatada. Mas em uma linda jogada da dupla Leandrinho e Varejão, o pivô marcou dois pontos com um floater.

Emoção

Com 6 segundos no relógio, a Grécia tentou uma ponte aérea para Antetokounmpo, mas o ala não alcançou e acabou cometendo a falta em Leandrinho e foi expulso. O ala-armador brasileiro foi para a linha do lance livre, mas só acertou um. Com pouco menos de cinco segundos, Kostas Sloukas ia tentar a última chance com um arremesso da quadra de defesa, mas Didi fez a falta e ele foi para três chutes de lance livre. Se o armador grego marcasse os três a partida ficaria empatada, mas ele errou o último e o Brasil saiu de quadra com a vitória.

Veja também

Messi se sente "muito melhor" quando joga pela seleção argentina, diz técnico Scaloni
Futebol

Messi se sente "muito melhor" quando joga pela seleção argentina, diz técnico Scaloni

Santa atribui mudanças na logística à bateria de testes de Covid-19
Santa Cruz

Santa atribui mudanças na logística à bateria de testes de Covid-19