Vitória recebe líder Corinthians no Brasileirão Feminino

O desafio, entretanto, não será simples, uma vez que a equipe pernambucana enfrentará o Corinthians/SP, nada menos do que o líder do Grupo 1 do certame.

Pernambucanas têm jogo difícil pela frente diante das paulistasPernambucanas têm jogo difícil pela frente diante das paulistas - Foto: Leo Motta

 

Precisando vencer para não ver suas chances de avançar na Série A1 do Campeonato Brasileiro de Futebol Feminino serem reduzidas antes da hora, o Vitória volta a campo nesta tarde. O desafio, entretanto, não será simples, uma vez que a equipe pernambucana enfrentará o Corinthians/SP, nada menos do que o líder do Grupo 1 do certame.
Enquanto a equipe paulista tem 100% de aproveitamento nas cinco rodadas realizadas até o momento, fruto de um volume de jogo excelente, o Vitória amarga uma campanha de quatro derrotas e um empate, figurando na penúltima colocação do já citado grupo. É importante lembrar que somente os quatro times de melhor campanha avançarão à segunda fase, de caráter eliminatória. A partida entre Vitória e Corinthians acontece às 15h, no Estádio Barbosão, em Chã Grande, onde a equipe local tem mandado os seus jogos.

O rendimento abaixo da expectativa do Tricolor das Tabocas está incomodando o elenco, que tem retrospecto extremamente positivo nos campeonatos locais e, nos últimos anos, foi o principal representante do Estado a nível nacional. É tanto que a equipe entrou neste Brasileiro como a segunda colocada no ranking do País. Estreou no certame em 2013 e já se tornou a equipe pernambucana com mais participações no currículo. Mas, como retrospecto não ganha jogo, resta ao grupo reencontrar o caminho das vitórias.

Outro representante de Pernambuco na Série A do Feminino, o Sport só joga na sexta-feira (7), contra o Iranduba/AM, vice-líder do Grupo 1. A equipe amazonense, assim como o Corinthians, está invicta no campeonato.

 

Veja também

Kevyn testa positivo para Covid-19 e desfalca Náutico
Futebol

Kevyn testa positivo para Covid-19 e desfalca Náutico

Casagrande critica omissão da CBF e Bolsonaro: 'Governo da morte, não da vida'
Opinião

Casagrande critica omissão da CBF e Bolsonaro: 'Governo da morte, não da vida'