Voltando de empréstimo, David quer recuperar espaço no Náutico

Lateral estava emprestado ao América/RN na temporada passada

“A habilidade que vai garantir o futuro não é apenas executar bem, é gerenciar o improvável”, diz Luciano Salamacha, professor da FGV“A habilidade que vai garantir o futuro não é apenas executar bem, é gerenciar o improvável”, diz Luciano Salamacha, professor da FGV - Foto: Divulgação

Revelado nas categorias de base do Náutico, o lateral-direito David teve a grande chance da carreira no final de 2014, quando atuou no elenco principal do Timbu. Em 2015, o atleta começou a temporada entre os titulares. Seria o começo de uma carreira promissora, mas David não se firmou. Foi para o futebol goiano, vestindo as camisas de Anápolis e América/RN em 2016. Neste ano, porém, ele está de volta ao Alvirrubro e espera se firmar, de vez, no clube.

“Passei um tempo em Natal e não tive muita oportunidade no América/RN. Volto para procurar meu espaço no Náutico. Quero me firmar de uma vez aqui, jogando em todos os campeonatos possíveis”, afirmou o lateral-direito.

No Náutico, David terá a concorrência de outro jogador formado nas categorias de base. “Vai ser uma briga difícil. Joazi vem crescendo e fez uma excelente Série B, mas vou ficar correndo por fora para mostrar ao professor (Dado Cavalcanti) o meu potencial”, explicou. “Preciso me dedicar mais nos treinos, me impor e, se Deus quiser, a oportunidade vai aparecer”, completou.

Veja também

Vazam imagens das possíveis novas camisas do Sport
Sport

Vazam imagens das possíveis novas camisas do Sport

Proibido 80 anos atrás, futebol feminino no Brasil evolui e busca recuperar atraso
Futebol feminino

Proibido 80 anos atrás, futebol feminino no Brasil evolui e busca recuperar atraso