Waldemar alerta para necessidade de trabalho físico especial com Erick

Atacante foi substituído nos dois últimos jogos que fez pelo Náutico

ErickErick - Foto: Anderson Stevens

Uma cena incomum. Destaque do Náutico no início da temporada e atual artilheiro do time em 2017, com sete gols, o atacante Erick foi substituído no jogo contra o América/MG, na estreia da Série B do Campeonato Brasileiro. E a imagem se repetiu no duelo da última terça (16), na disputa pelo terceiro lugar do Campeonato Pernambucano, perante o Santa Cruz. Em ambos os casos, a mesma explicação. O técnico Waldemar Lemos alertou para a dificuldade do jogador em suportar de forma eficaz o ritmo do confronto. Principalmente porque agora o jovem de 19 anos tem sido cobrado para ajudar na marcação, função que não fazia antes. Por isso, o treinador sugere que o atleta faça um trabalho físico diferenciado no clube.

"Aconteceu por duas vezes (cansaço), mas estamos conversando com ele. O menino precisa ter outro tipo de trabalho dentro do clube. Tem muita qualidade. Quisera eu colocar tantos 'Ericks' que a gente tem dentro do grupo. Quero os garotos bem trabalhados, mas vamos ficar em observação e ver no que podemos colaborar para que ele não sinta tanto a partida, não fazendo as substituições de forma precoce", afirmou o técnico. Erick teve atuações apagadas nos últimos dois jogos. 

Ainda assim, o treinador confessou que, se for preciso, continuará tendo a mesma postura nas partidas seguintes. "Se for necessário modificar, eu farei. É algo natural. Não podemos abrir mão da qualidade dele, mas temos que ver se ele está precisando de algum auxílio", declarou.

Veja também

Com série de desfalques por conta da Covid-19, Náutico visita a Ponte Preta
Futebol

Com série de desfalques por conta da Covid-19, Náutico visita a Ponte Preta

Vale o acesso à Série B: Santa recebe o Brusque, pelo duelo final do quadrangular da Série C
Futebol

Vale o acesso à Série B: Santa recebe o Brusque, pelo duelo final do quadrangular da Série C