Waldemar Lemos lamenta erros do Náutico em derrota, mas pede paciência

Apesar do momento delicado, comandante projeta evolução

Treinador só fala agora após os jogosTreinador só fala agora após os jogos - Foto: Anderson Stevens

Depois de mais um vexame do Náutico no Campeonato Brasileiro da Série B, o técnico Waldemar Lemos ficou chateado com os erros que custaram a derrota para o Ceará pelo placar de 2 a 0, na Arena de Pernambuco, neste sábado. Apesar de ainda não ter vencido na competição, o treinador alvirrubro crê que o time tem condições de crescer com muito empenho e trabalho, mas pediu paciência para evoluir.

“Nós estamos reconstruindo ou tentando construir um grupo de jogadores para depois formar um time. Os gols acontecem justamente porque existem erros. Essas coisas a gente precisa sempre alertar. Estou mostrando através de vídeos tudo que vem acontecendo e vamos precisar contornar isso tudo”, declarou o comandante.

Com apenas um ponto na Série B dos nove disputados, o Náutico vive uma situação crítica tanto dentro como fora de campo. Hoje, o objetivo do Timbu é permanecer na Série B, porém Waldemar Lemos quer mais. “O clube tem que ter planejamento. Ficar na Série B já seria uma boa. Esse era o nosso intuito em 2011. Mas acho que temos condições de, pelo que temos visto nos jogos, de fazer algo mais”, pontuou.

No final da entrevista coletiva logo após a partida, Waldemar Lemos voltou a pedir calma e compreensão aos torcedores. “As coisas não vão mudar de uma hora para outra. A torcida tem que reconhecer o momento do clube. Esperança nunca vai faltar”, finalizou o técnico alvirrubro.

Veja também

Ainda de ressaca, Santa Cruz precisa juntar os cacos para começar a resolver pendências
Santa Cruz

Ainda de ressaca, Santa Cruz precisa juntar os cacos para começar a resolver pendências

Otimista, Hélio dos Anjos crê em ponto de corte menor contra o rebaixamento
Náutico

Otimista, Hélio dos Anjos crê em ponto de corte menor contra o rebaixamento